3 de out. de 2010

ECOLOGIA

                                                       LIXO VOA?
Infelizmente a maioria das pessoas acham que lixo voa. É comum vermos sacos de lixo jogados nas ruas e nos lotes vagos. Móveis e eletrodomésticos sendo colocados nas calçadas como se tivessem o poder de desaparecer. Pessoas se entopem de salgadinhos, biscoitos e sorvetes, e sem nenhum sentimento de culpa jogam as embalagens nas calçadas.

                                                LIXEIRA DO UNIVERSO
Hoje andei na calçada de uma avenida movimentada perto do centro de Betim. Pude observar atentamente o quanto o ser humano é irracional. Tive que me desviar de sacolas de lixo, animal morto, plásticos, e todo tipo de dejetos jogados na beira da avenida. Sei que existem lugares onde a população respeita o meio ambiente. Se basearmos no Brasil, podemos afirmar com certeza, que o mundo é a maior lixeira do universo. Não sou físico, e não tenho nenhum conhecimento, mas ouso afirmar que: Se conseguirmos recolher todo o lixo e entulho espalhados pelo mundo, corremos um sério risco de vermos nosso planeta tão leve, que ele poderá sair voando como um balão solto no espaço                                      
                                                      FALTA DE ÁGUA
Se um assassino estivesse com uma faca no seu pescoço, ou com uma arma apontada para sua cabeça, você iria fingir que nada está acontecendo? E sairia correndo para assistir um jogo de futebol, correria para o galpão da sua escola de samba, ou o chamaria os amigos para tomarem uma cerveja com você? 
É exatamente isso que está acontecendo, a população brasileira ainda não percebeu que nossa água está acabando, e que a morte está rondando todas as casas com suas caixas d`água vazias.  A pergunta que faço é: Somos um país de pessoas insensíveis, ou de idiotas? 

                                                       EDUCAÇÃO
A educação de um povo pode ser medida pela quantidade de lixo jogado nas ruas, e pelo número de pessoas que levam seus cachorros para sujar de merda as calçadas e pistas de caminhadas.

                                          ECOLOGIA, O QUE É ISSO?
Quando na manhã de segunda feira, passo em frente à uma universidade perto da minha casa, vejo com tristeza o destino do mundo escrito nas calçadas e nas ruas, com centenas de copos descartáveis, garrafas, e cacos de vidros deixados por quem deveria estar preocupado na reconstrução na merda de mundo que estão herdando desta geração que está indo embora.

                                            FUTURO DESTA JUVENTUDE
Não tenho nada com a vida das pessoas. Cada um vive da maneira que lhe convier. Mas está passando da hora de mais pessoas falarem sobre ecologia. Os mais jovens precisam se preocuparem com a sustentabilidade do planeta. É preciso rever os banhos de meia hora. A maneira de usar a mangueira como vassoura, e o tempo gasto para se lavar o carro. 
O mundo mais parece uma lixeira a céu aberto. O lixo e os dejetos industriais destruíram os mananciais e mataram quase todos os animais que eram responsáveis pelo equilíbrio da biodiversidade. Não existem mais animais como os sapos, rãs, abelhas, urubus, gambás, marimbondos, e tantos outros, que na minha juventude eram nossa alegria e nossos medos. Para os da minha idade, a água já acabou. Se essa mentalidade de não preservação não mudar, com certeza, o futuro desta juventude será de muita sede e dor.

                                                     ENSINAR O QUÊ?
Ontem, ao sair para caminhar, com tristeza, mais uma vez fiquei observando o vizinho lavando o carro, deixando a mangueira aberta enquanto usava o detergente. Depois de uma hora de caminhada, ao voltar, percebi que ele ainda continuava com a mangueira aberta, sem se importar com a escassez de água. O que mais me incomoda é saber que ele é professor, pode até ser bom, mas que exemplo de cidadania e de respeito ao meio ambiente vai passar para seus alunos?

                                          FALTAR ÁGUA PARA QUEM?
Esta é a pergunta que ninguém quer responder: Será que vai faltar água nas piscinas dos ricos, e nas suítes dos hotéis de luxo? Como tudo nesse país é movido na base da tramoia, com certeza ela irá faltar somente para os mais pobres
  
                                         VERGONHA DE SER HUMANO
A seca que assola os estados mais ricos do país escancarou a falta de vergonha na cara, e a falta de compromisso dos políticos com a preservação do meio ambiente. Mostrou, com tristeza, a falta de educação ecológica das pessoas que olham somente para seus problemas pessoais, sem pensarem em como viverão seus filhos e netos.
Ao olhar para o leito seco onde antes corria um rio com sua água cantando sobre as pedras, sinto vergonha de dizer que pertenço à raça humana.
             
                                         POPULAÇÃO CEGA E SURDA
 Apenas um lembrete: O seu carro não vai deixar de funcionar se você não der banho nele todos os dias. O passeio e a rua em frente da sua casa não precisam serem molhados todos os dias, afinal nenhum jardim, ou uma bela horta nascem nesses locais.
Será que uma parcela da população é cega, e não sabe que estamos ficando sem água para beber? Ou esta parcela da população é surda, e não escuta os gritos de socorro que a natureza há muito tempo tenta fazer chegar aos nossos ouvidos?
                                      
                                          AGONIA DA NATUREZA 
Ontem os relâmpagos iluminavam a noite. Contrastando com o escuro das nuvens, raios cortavam o céu como se Deus estivesse escrevendo no firmamento que a natureza está em agonia no seu leito de morte.
                              
                         FALTA DE CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA   
O mundo será melhor quando o ser humano deixar a natureza penetrar na sua alma, e o cheiro de mato, e o perfume das flores penetrarem no seu coração.  Quando vermos uma manchete ou ouvirmos no noticiário que haverá racionamento de água, iremos nos arrepender dos banhos de meia hora, e maldizer a nós mesmos, e aos vizinhos, por termos usado a mangueira como vassoura, e lavado o carro todos os dias. 

                                               GRITO DE AGONIA
Quando as pessoas das cidades abrirem as torneiras e a água não jorrar. Haverá um ranger de dentes e muita dor, e toda a criação irá chorar. Quando as pessoas das cidades não puderem mais respirar, haverá lágrimas e gritos de lamento causados pelos gases poluentes soltos pelo ar. Enquanto os gananciosos acharem que o desmatamento é necessário, sendo os responsáveis pelo assassinato das matas e das nascentes, dizendo que o progresso é inevitável e não pode parar, esquecendo que o futuro precisa de sobreviventes, veremos corpos ressecados espalhados pelas ruas. Quando o ser humano, às duras penas aprender que o ter não é mais importante que o viver, pode ser que passe a respeitar a natureza para preservar o mundo onde seus filhos irão viver Seca demais em alguns lugares. Fogo destruindo tudo ao seu redor. Água demais em alguns lugares, animais morrendo sem ter para onde fugirem.
É a natureza gritando de agonia prevendo a morte de todos.
Que não têm para onde fugir










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade