06 dezembro, 2010

VEJAM A MISS BRASIL.












 Amanhã é o segundo sábado do mês de abril.
Um canal de televisão está fazendo o chamado para a transmissão ao vivo de mais um concurso da miss Brasil.
Não existe nada mais ridículo e fora de propósito do que esses concursos querendo determinar qual é a mulher mais bela do país.
Como é feita essa escolha?
Quais os parâmetros analisados?
Um rosto bonito?
Em todas as cidades e rincões desse país existem um número infinito de lindas mulheres que não precisam do milagre dos profissionais da estética.
Cabelos que fascinam? 
Também é fácil de ver em qualquer lugar.
Olhos que cativam? 
Muitas mulheres nesse país afora têm lindos olhos e não precisam da ajuda das lentes e de maquiadores.
Um corpo escultural? 
A gente passa em qualquer rua de qualquer cidade, e muitas vezes nosso olhar não consegue se desvencilhar de verdadeiros monumentos que provocam excitação.
Então o que este concurso tem para mostrar, se um simples olhar ao redor nos faz deparar com verdadeiras divas do amor e do sexo?
É por isso que não acredito nesses concursos.
Não existe a menor possibilidade de se dizer que tal mulher é a mais bela.
Se disserem que será escolhida a mulher mais bonita que teve acesso aos holofotes e flash dos profissionais experientes no ato de fotografar, tudo bem.
Se disserem que será escolhida a mulher mais elegante que as agências de modelo conseguiram contratar, tudo muito natural.
Mas dizer que ela será a mais bonita do país é não querer enxergar a beleza de milhares de outras mulheres escondidas no anonimato, que com um simples toque dos profissionais da beleza poderiam vencer qualquer concurso.
Quem é a mais bonita?
Quem é a mais sensual?
Não tem como medir!
Muitas cantoras, com seus rebolados ganharam o título de musa disto ou daquilo, e são colocadas no chinelo por muitas mulheres bonitas que andam pelas ruas e  pelas praias exibindo seus corpos esculturais.
Atrizes famosas ganham o rótulo de mais bonitas apenas por causa da fama e dos holofotes, e da exposição excessiva na mídia que tudo pode, tudo transforma, e tudo impõe. 
Prefiro eu mesmo escolher a mulher mais bonita, no momento que eu estiver de bem com a vida e sensível para enxergar o belo que se torna exuberante num simples caminhar, num sorriso, e no jeito de falar.
Dizendo isso só posso dizer que a minha mulher é a mais bonita.
A beleza está nos olhos de quem vê.
Nada mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade