26 de ago. de 2011

SOU PEQUENO DEMAIS



                     
De frente para o mar
Procuro entender a natureza.
E na minha insignificancia,
fico a imaginar de onde vem tanta belez
E o criador de tudo isso,
onde está?
Será que realmente é um Deus?
que deixa o seu espirito “pairar sobre as águas”?
Sou pequeno demais para entender
os segredos da vida
o mistério do nascer e viver
Do morrer!
Até quando dura uma eternidade?
será que é até o dia que eu for retirado desta terra?
De onde vem essa água?
que mesmo agredida
insiste em nos molhar
Até quando será bendita?
a nos dar vida.

a nos salvar.


                                                                                                       




Um comentário:

  1. Olá meu querido Geraldo,

    Todos os dias passo aqui.
    Que saudades!
    Que texto lindo! Dúvidas, todos temos. É muito salutar as termos.
    Até onde irá esta eternidade? Parece, que só o PAI o sabe, nem seu filho, Jesus, o sabe.
    Esperemos.
    Dê notícias, me faça uma visitinha, só para me dizer, que está bem e feliz.

    Beijinhos de luz.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade