30 de set. de 2017

O CANTO DAS ÁGUAS SE CALOU


Resultado de imagem para AGUAS POLUIDAS
ONDE FOI PARAR A ÁGUA  CRISTALINA?
Resultado de imagem para AGUAS POLUIDAS
FOI ESSA A HERANÇA DOS NOSSS FILHOS.
                                                                             

Resultado de imagem para agua lembrança do passado


De cima da ponte, com tristeza e melancolia
observo o velho rio que passa calado,
carregando o que sobrou
da água já não canta mais sobre as pedras
e seu som que acalmava minha alma se calou

As pessoas, das suas margens foram expulsas
os animais que o povoavam seu leito já morreram
 asfixiados pelo lixo da ignorância, e pelo esgoto da degradação
e onde corria um rio caudaloso
corre a tristeza e o abandono que provocam desolação

Os animais foram expulsos do seu leito sagrado
Pelo lixo dos humanos, e pela degradação da sociedade
E onde corria um rio caudaloso de águas cristalinas
Corre a ignorância que matou a fauna e provocou a desolação

Água limpa, pura e casta, e árvores ao seu entorno
São apenas sinais de tristeza e dor, em vagas lembranças 
o ser humano não soube desfrutar a exuberância da natureza
agora morre de sede, e vê sua próxima geração sem esperança

De voltar a viver ...
cercado por rios, lagoas, córregos e nascentes
que hoje são privilégios dos lugares mais distantes
das grandes cidades com seus mananciais de águas agonizantes
 com seus políticos sem escrúpulos e empresários gananciosos
que destroem tudo, com a conivência dos ignorantes

Que insistem em não entender
que somos água.
Por não a preservarmos
Decretamos nossa própria morte
quando desprezamos nossa irmã terra
e matamos nossa irmã água.
E o canto das águas se calou








2 comentários:

  1. É pena, que não se pense que a água faz parte da nossa nascença e da nossa presença na Terra.

    Felicidades

    Cidália Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Um grito que deve ecoar pelas florestas, entrar pelas grutas, passar pelas estradas e invadir as avenidas asfaltadas que levam todos seus dejetos para o colo do rio, que tudo aceita calado, indignado com a ação humana.Não verás rio nenhum daqui a alguns anos, apenas valas vazias, fétidas a retratarem a ignorância humana.
    Salvem os rios, mas eduquem o homem.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade