16 setembro, 2011

SONHOS NÃO SE REALIZAM

SONHANDO ACORDADO


 





















Fico ouvindo as pessoas dizerem: meu sonho é ser artista. O meu é ser jogador de futebol.
O meu sonho é ser professor ou professora.
Meu maior sonho é me casar! Meu sonho é ficar rico ou rica.
O sonho da minha mãe era me ver formada em medicina.
Nenhuma dessas vontades é sonho, ninguém pode simplesmente sonhar com algo que deseja ardentemente, e achar que num piscar de olhos tudo se transformará  em realidade.
Os sonhos não se realizam.
Sonhar é simplesmente ter uma noite de sono e de abandono quando seu espírito se liberta do corpo e voa para lugares nunca antes visitados, e que talvez realmente nunca sejam. 
O resto é desejo.
É vontade.
É querer.
Se todos os sonhos se tornassem realidades, a vida do mundo e das pessoas seria muito diferente, afinal todos dizem sonhar com alguma coisa.
Eu nunca vou perguntar para o meu filho: o que você sonha ser quando chegar a hora de decidir seu futuro?
A pergunta a ser feita é: O que você quer ser? 
Esta é a chave da realização: eu quero ser médico. eu quero ser engenheiro, eu quero ser enfermeira. eu quero ser artista, e por aí vai.
Isto é realidade.
Querer!
O sonho é muito vago.
O desejo é palpável.
Se milhões de pessoas sonham ter um futuro melhor, por que somente alguns  merecem ter seus sonhos concretizados?
Ninguém sonha com um grande amor.
Homens e mulheres vivem cada minuto de suas vidas querendo realizar o desejo de encontrar alguém que satisfaça suas necessidades amorosas. Se sonhar em encontrar um grande amor se tornasse realidade, porque muitos que sonharam não conseguiram vê-lo realizado?
Porque será que somente alguns têm esse privilégio?
Se casar fosse a realização de um sonho, quem não casou não merecia ter sonhado com o casamento?
Todos os dias milhares de pessoas fazem uma fezinha sonhando em ganhar nas loterias. Se ganhar fosse  realmente a realização de um sonho, quem deveria ter o direito de vê-lo realizado, se milhões de pessoas também sonharam e jogaram?
Um craque de futebol se realizou porque sonhou, ou porque tinha o dom de jogar bem?
Quantos jovens também sonharam e não jogaram?
Será que as pessoas que construíram impérios roubando dos mais pobres, foram movidos por um sonho?
Será que os políticos e os pregadores inescrupulosos que enganam o povo com falsas promessas e palavras inúteis, e que se acham donos da verdade, sonharam com esses absurdos?
Ou sonharam demais e perceberam que apenas sonhando nada conseguiriam e resolveram se tornarem desonestos?
É por isso que o nosso povo precisa parar de sonhar.
Com a copa.
Com o carnaval.
Com as olimpíadas.
Quando alguém alcança o sucesso, ou consegue algo que perseguiu com ardor, pode dizer que  realizou seu sonho.
Depois de lutar para realizar um desejo, e alcançar o objetivo que traçou sem ter se deixado dominar pela corrupção e nem se deixado manipular como um brinquedo, esta pessoa realmente realizou um sonho.
Quando o destino colocar no seu caminho aquela pessoa que irá te amar como você deseja, e você também se entregar a ela de corpo e alma, aí sim, você estará realizando um sonho.
Então...
Primeiro conquiste, depois pode continuar sonhando.                         

2 comentários:

  1. Olá estimado Geraldo,

    Lindo e reflexivo texto.
    Na realidade, é a justiça, a solidariedade social, a fraternidade, entre outros, os motores do sonho.
    Assim, eles se concretizam.
    Mas sonhar... é tão bom!
    Fala uma incurável sonhadora.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  2. Uma boa reflexão amigo entre o querer e o sonhar.Entre o que se busca com ações diaarias e o que se vive simplesmente em ceros momentos de devaneios.
    Parabens pelo texto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade