BETIM, UM PARAÍSO SENDO DESTRUÍDO

12 agosto, 2013

PAI É AQUELE QUE FAZ.

            Publiquei esse texto em 2007 no site USINA DE LETRAS 



Resultado de imagem para PAI É AQUELE QUE FAZ
O PRESENTE E O FUTURO DE MÃOS DADAS














Dizem que pai não é aquele que faz, e sim aquele que cuida. Se for para dizer que pai não é aquele que apenas contribuiu com o espermatozoide, esta colocação está corretíssima.
Pai é sim, aquele que faz, o filho ou a filha entenderem que a vida precisa ser repartida e dá o exemplo repartindo a sua com aquele e com aquela que gerou.  
Pai é aquele que acompanha o crescimento do filho ou da filha cuidando dele e dela com carinho como se fosse pai e mãe ao mesmo tempo. 
Pai é aquele que não reclama, e vai para o trabalho depois de uma noite mal dormida porque o filho ou a filha  insistiram em ficarem acordados, ou porque ficou tentando arrancar uma dor que ele ou ela sentiam. 
Pai é aquele que sabe dosar não dando presentes por qualquer motivo e também não dando castigo demais ou carinho de menos, é aquele que afaga os cabelos e diz eu te amo, e na hora certa dá atenção ao filho ou à filha  para  que os mesmos conheçam os limites impostos pela vida.
Sem aprisionar.
Sem traçar o rumo definitivo, mostrando à filha e ao filho as várias facetas da sobrevivência, e sem querer se impor lhes faz refletir na escolha do caminho que querem trilhar.
Quem ama dá asas de liberdade para os seus amados.
Pai é aquele que não se sente à vontade quando se senta em uma mesa de um bar para tomar uma cerveja com os amigos, e fica  incomodado achando que aquele dinheiro gasto poderia ter sido usado para comprar alguma coisa para seus filhos, ou filhas. 
Pai não tem necessariamente que ser um professor, mas sem sombra de dúvida, precisa ser um pouco psicólogo para saber lidar com as mudanças de comportamento próprias de cada idade, para saber incentivar na hora do fracasso e comemorar com o filho ou com a filha quando eles alcançarem o sucesso.
Todos os futuros pais, filhos e filhas precisam entender que a vida não é feita só de sucessos e de fracassos. Precisamos fracassar algumas vezes para conhecermos nossas limitações. Precisamos vencer sempre para percebermos que somos capazes de realizar tudo que queremos. 
Se todos os pais soubessem valorizar a virtude dos filhos e filhas , e os aconselhassem, e os ajudassem quando os mesmos se vissem diante de uma encruzilhada, com certeza muitos idosos não estariam abandonados em um asilo qualquer, e muitos filhos e filhas não estariam sendo escravos das drogas e do crime.
Feliz dia dos pais.
Parabéns a todos que sabem, e gostam de ser.






4 comentários:

  1. Comentário de Mônica Manso Vileta por e.mail

    Gostaria de parabeniza-lo duplamente.
    Pelo seu dia e pelo seu texto, que concordo na íntegra.
    Continue fazendo a diferença e apareça se puder.

    ResponderExcluir
  2. PARBENS GERALDO OTIMO TEXTO ADOREI E ESTOU PUBLIVANDO EM MEU FACEBOOK PARA QUE TODOS PAIS CONHEÇAM.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, Geraldo Ribeiro. Gostei muito, pois sua fala e escrita é muito clarividente. Comunicou realmente a sua mensagem. Parabéns a todos os pais "que carregam nos ombros a graça de ser pai", como canta Pe. José Fernandes de Oliveira, SCJ (popular Pe. Zezinho, SCJ) [Sacerdote do Coração de Jesus]. Que São José, Pai adotivo de Jesus, abençoe a todos os pais.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns também para você, Geraldo!
    Foi ótima a colocação sobre os "limites" que devem ser observados por pais e filhos. O equilíbrio de uma boa convivência se dá, sem dúvidas, também pelo reconhecimento de limitações. Desse reconhecimento quantos valores se revelam. Abraços!

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade