O SER HUMANO E A ECOLOGIA



28/06/2019                        MANGUEIRA É VASSOURA?
 Parece que hoje Deus quis testar minha paciência. Por duas vezes presenciei pessoas lavando a calçada e a rua usando a mangueira no lugar da vassoura. Todas as vezes fico indignado e tenho que me esforçar para não falar com a pessoa que a mesma está sendo irresponsável ao não economizar o bem mais precioso da ecologia.             

10/06/2019                                  LAVAR O CARRO
Quando vermos uma manchete ou ouvirmos no noticiário que haverá racionamento de água, iremos nos arrepender dos banhos de meia hora ou mais, iremos maldizer a nós mesmos e aos vizinhos por termos lavado o carro o carro todos os dias.


05/06/2019                        ENSINAR O QUÊ?
Ontem, ao sair para caminhar, com tristeza mais uma vez fiquei observando o vizinho lavando o carro usando a mangueira. Depois de uma hora de caminhada, ao voltar percebi que o idiota ainda estava com a mangueira aberta sem importar-se com a escassez da água. O que mais me incomoda é saber que ele é professor. 
Fico me perguntando, o que este cidadão tem para ensinar aos seus alunos?


15/06/2019                                 A ÁGUA ACABOU

Conversando com um cidadão que nasceu no LIBERATOS, zona rural de Betim, e que ainda é proprietário de terreno na região. O mesmo me informou que todo o manancial de água da região está contaminado pelo esgoto e pelo lixo que é jogado diretamente nos córregos. Segundo o mesmo, a Copasa não se interessa em levar água, e prefeitura nem cogita em construir rede de esgoto para atender os moradores e sitiantes da região. Isso é perfeitamente compreensível, devido a distância, mas as moradias e os sítios deveriam ser equipados com Fossas Sépticas que devem ser esvaziadas sempre que encherem. Inicialmente, isso poderia ser financiado, principalmente para os mais pobres que moram na região. Mas, não existe verba para isso. PARA CONSTRUIR UM AEROPORTO PARA OS RICOS, a verba não falta.  




Tenho medo do futuro
confesso não saber o que fazer
preocupo-me com os mais jovens
tentando descobrir como irão sobreviver

AH! Como tenho saudades das enxurradas de águas limpas
que cantavam a intimidade da natureza
hoje, invadidas pelo lixo, impedidas de correr
por não ter para onde ir,
provocam dor, medo, e muita tristeza

Mananciais sendo agredidos,
 tantos prédios sendo construídos,
Onde a mata era virgem,
e a água brotava embelezando a paisagem

Estamos poluindo nosso ar, assassinando a biodiversidade
Em nome da ganância e do capitalismo selvagem

AH! Como tenho saudade dos animais, todos!
Onde foram parar as borboletas?
Cadê as luzes dos vagalumes?
Onde se esconderam as abelhas?
O que foi feito das cobras, e até dos ratos que nos assustavam?
Onde se esconderam os sapos que coaxavam nos jardins?

Ao destruir a natureza, destruímos a própria vida

Quero apenas deixar um alerta para os jovens construtores do futuro
lutar é preciso, mas não se deixem manipular por políticos sem escrúpulos
por que se não houver uma postura de proteção do meio ambiente
com certeza, vocês serão herdeiros de uma terra deserta






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade