05 julho, 2021

O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O BRASIL?

 Parece que estou vivendo do passado. Escrevi este texto em 2015, mas diante das circunstâncias que estamos vivendo gostaria que mais pessoas dessem uma lida.

O que está acontecendo com o mundo? Parece que o clico de vida humana no planeta está chegando ao fim. As pessoas estão cada vez mais dependentes de uma máquina. Os amigos agora são virtuais. O celular é o "bichinho de estimação" mais amado de todos os tempos. Pessoas morando na mesma rua conversam através de aparelhos que se tornaram os olhos e a mente de bilhões de pessoas em todo o mundo.
Estamos cercados de máquinas por todos os lados. Máquinas que curam e que são privilégios de poucos que podem pagar por uma medicina sofisticada. Máquinas que matam todos os dias nos becos, nas ruas, nas avenidas, nos barracos e nas mansões de todas as cidades do mundo.
O ser humano é o principal predador do ser humano.
Não precisamos procurar mais nada e nem mesmo nos escondermos.  Em qualquer lugar onde estivermos seremos encontrados por um satélite, ou filmados por uma câmera que vigia nossos passos nos quatro cantos da terra.
Estamos na era da informática e da tecnologia, a esperança era que o poder do conhecimento, o avanço da ciência, e uma fé inabalada em Deus pudessem acalmar o coração e a sede de poder deste animal racional, ou eu poderia dizer irracional?
Deus, há muito está em segundo plano. Ele só é lembrado quando alguém se vê diante de uma desgraça qualquer. As religiões sérias sentem-se impotentes diante da crueldade dos que matam "em nome de Deus".
Em meio a tudo isso, seitas se proliferam como praga construindo templos suntuosos onde o deus poder e riqueza são cultuados por seus líderes e asseclas, onde os fiéis deixam-se levar pela lábia dos lobos vestidos de cordeiros que vendem milagres a peso de ouro.
O que está acontecendo com o mundo?
Será que já podemos fazer um inventário da nossa vida e nos despedirmos uns dos outros?
Vamos dar uma volta por este mundo de meu Deus, e talvez sem Ele. 
Na Europa, a Grécia decretou falência e ninguém está preocupado com o destino dos habitantes deste berço da história. Os governos das cidades mais ricas do mundo estão reféns de terroristas que se infiltram e arregimentam jovens descontentes e infelizes para serem transformados em assassinos. A Itália está às voltas com os imigrantes egressos da África e do Oriente que fogem da pobreza e do extermínio dos mais pobres por mercenários e governos tiranos.
O Oriente está refém de grupo radical Estado Islâmico, e outros, que matam a história quando destroem cidades históricas e assassinam inocentes diante de câmeras em nome de um Deus que eles não conhecem, por que se assim fosse saberiam que Ele é amor e compaixão.
Nos Estados Unidos a intolerância racial está novamente fazendo explodir sérios conflitos internos onde os negros são novamente as vítimas, remetendo-nos ao apartheid na África. No brasil uma raça de políticos ladrões está discutindo a criação de uma lei esdrúxula que vai mandar jovens de dezesseis anos, com certeza os mais pobres, para a cadeia de onde sairão pós-graduados em roubos e assassinatos, e voltarão para as ruas mais ferozes do que eram quando foram presos. Esses políticos não percebem que ao abrirem as portas das cadeias para esta nova "clientela", se é que vão construir centenas delas, abrirão espaço para os marginais recrutarem meninos e meninas para ocuparem o espaço deixado pelos presos pela ignorância dos nossos políticos.
Ninguém está preocupado em ir ao cerne da causa que transforma esses jovens em marginais. O nosso serviço de assistência social é apenas um meio para escravizar ainda mais os pobres com esmolas em troca de votos.
E essas notícias martelando todo o dia a mente das pessoas vai fazendo o ser humano, sem que ele perceba, ir perdendo sua essência.
O que está acontecendo com o mundo?
Recentemente uma notícia foi motivo de debate. Segundo o noticiário, nos lares brasileiros existem mais animais do que crianças. Esta mesma reportagem mostrou um hospital com tecnologia sofisticada somente para animais. Esta mesma reportagem mostrou também uma moça acompanhando seu cachorro internado em uma clínica, porque segundo ela, com a sua presença ele se sente- mais seguro.
Quem tem um animal em casa tem a obrigação de cuidar muito bem dele.
Ninguém mais quer acolher um ser humano...
Alguém sabe me dizer onde são atendidas as crianças pobres que ficam abandonadas dentro dos barracos ou nas ruas das grandes cidades? Que os animais precisam de cuidados e proteção não resta a menor dúvida. Mas substituir o berço ou um carrinho de bebê por uma casinha e uma coleira de cachorro, é o cúmulo do absurdo.
Conheço pessoas que ficam horas alisando o pelo do seu cachorro e são incapazes de fazerem um carinho no filho que fica em um canto brincando com uma geringonça eletrônica. Outros pagam consulta para seu bicho de estimação, e quando seu filho adoece não é capaz de pagar uma consulta ficando horas esperando atendimento em uma unidade pública de saúde.
Precisamos urgentemente voltar nosso olhar para o firmamento, procurar estrelas e outras luzes para povoarem nosso imaginário. Voltarmos a nos relacionar mais com as pessoas sem acharmos que a grande maioria não é  confiável.
Podemos começar dentro da nossa própria casa com a nossa família.
Precisamos voltar a sermos mais humanos.
Assim, quem sabe um dia possamos responder à pergunta: O que está acontecendo com o mundo?
 
Será que nós brasileiros, vivendo este momento de tristeza e morte de muitos inocentes temos condição de respondermos esta pergunta?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade

Postagens mais visitadas