5 de out de 2019

ORAÇÕES DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS





Senhor, faça de mim instrumento da sua paz!
Onde houver pena de morte,
que eu leve conversão e restauração.
Onde houver a tortura,
que eu leve a dignidade da vida humana.
Onde houver a ditadura e o totalitarismo,
que eu leve o livre arbítrio e a democracia
Onde houver a discriminação,
que eu leve a acolhida aos sofredores e excluídos.
Onde houver discursos de ódio,
que eu leve a misericórdia e a caridade.
Onde houver preconceito contra as mulheres,
que eu leve o respeito e o amor.
Onde houver culto às armas,
que eu leve a promoção da paz.
Onde houver esterilização de pessoas pobres,
que eu leve a defesa das famílias e da vida.
Onde houver xenofobia e repulsa aos refugiados,
que eu leve a acolhida aos estrangeiros.
Ó Mestre, faça com que eu procure mais:
perdoar do que ser vingativo,
pacificar do que ser violento,
amar do que ser preconceituoso.
Pois é semeando a paz
que se se constrói a paz.
É promovendo direitos
que se tem os direitos.
E é somente na fraternidade
que se constrói a democracia.
Amém.  



Benditas sejam as dificuldades que nos agridem e fazem pensar.
Benditas sejam as horas que gastamos para o engrandecimento do reino de Deus.
Bendito seja quem, à primeira vista nos maltrata e nos ajudam a melhorar.
Bendito seja quem não nos conhece, e mesmo assim acredita e nós.
Bendito seja a mão que nos nega um aceno, e a boca que nos nega um cumprimento.
Bendito seja os que nos querem esquecer.
Bendito seja quem nos nega o pão de cada dia.
Bendito seja quem nos ataca por ignorância, ou por covardia.
Bendito seja quem nos fazem chorar pelos caminhos que percorremos todos os dias.
Bendito seja quem, no primeiro contato, não nos agrada.
Bendito seja quem exige de nós, atitudes de perfeição.
Benditos sejam todos que nos ensinam o amor universal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade