30 de ago de 2019

O MUNDO PEDE SOCORRO





Aqui está sendo queimada a vida do  nosso planeta.
Aqui está sendo mostrado a ignorância dos nossos políticos, principalmente do presidente bolsonaro, eleito por quem não não pensou no futuro de seus filhos e netos  Eleito por um  povo não tem consciência política e ecológica.




Sentei-me confortavelmente na cadeira de balanço para receber uma ilustre visita.
E ela não se fez de rogada, inundou meu alpendre com a cor de ouro que é a sua marca registrada, veio com toda sua majestade para me fazer companhia. Com um sorriso em sinal de agradecimento perguntei: Oh! Lua existe em algum lugar do mundo algo que encanta mais que este espetáculo, alguma luz mais brilhante?
E ela respondeu: Eu sou apenas um satélite que reflete a luz do Sol, então o nascer e o pôr-do-sol certamente são mais belos.
Na manhã do dia seguinte fiquei de boca aberta, esperando o Sol aparecer com toda a sua majestade de astro rei.
E sua luz intensa e seu calor invadiram meu alpendre.
E perguntei: Sol existe no universo luz mais brilhante?
E ele respondeu: Claro que existe. A vida que renasce todos os dias iluminada pela luz de quem me criou.
Então descobri o obvio.
O dono do espetáculo da Lua é Deus.
O dono do nascer e do pôr-do-sol, e da luz que dá vida, é Deus.
Ele é o grande regente e mestre do espetáculo da vida que a cada dia é diferente do outro.
Nós fomos convidados a fazer parte desse espetáculo, mas nos contentamos em sermos meros figurantes que queimam o filme,  destroem os cenários, e estragam a cena.
Agora somos chamados a refletir sobre a Amazônia, e sobre o seu povo sofrido.
Muito bem, acho que é um tema apaixonante e digno de ser lembrado.
Mas o problema não está lá na mata que é o pulmão do mundo.
O cerne de todos os problemas está na política corrupta dos donos do poder, dos latifundiários de terras, e de vidas que se deixam grilar e apossar.
A grande maioria dos políticos são donos de terras que nem mesmo eles sabem a extensão, e certamente nunca pisaram em metade da propriedade.
A luta para defender os oprimidos e a natureza, precisa ter como cenário os gabinetes e os palácios da injustiça, e do podre poder público.
Quantos Chicos Mendes serão necessários sacrificar?
Quantas Irmãs Dorotys deverão serem mortas?
Quantos guerreiros anônimos terão que morrer?
Ah! Se o sol, a lua, as estrelas, e a natureza como um todo, pudessem gritar!
Com certeza iríamos conhecer quem é o grande responsável pela destruição da natureza.
Certamente não são os pobres.
As grandes madeireiras pertencem a quem? Quem opera a moto serra não é o responsável pela matança das árvores. Os verdadeiros assassinos são os latifundiários, os donos das madeireiras que exploram nossa riqueza e escravizam nossos irmãos.
As minas de carvão pertencem a quem? Com certeza não ao pobre que o fabrica. Pertencem a empresários gananciosos que não deixam seus filhos aproximarem-se dos fornos que queimam até a alma dos que são escravos da ignorância.
Quem libera o transporte da madeira e do carvão?
Quem fiscaliza?
Nos postos de fiscalização das rodovias brasileiras, alguém é parado somente se for denunciado. Você pode matar alguém, ecolocar corpo em um veículo e desovar em qualquer lugar do brasil ninguém vai te incomodar. Posso dizer isso porque viajei mais de 20.000 quilômetros em dois meses. Nunca fui parado em uma fiscalização, e nos postos da polícia, quase sempre, ao passar observávamos os policiais tranquilos, sem ao menos olharem quem passava.
Para que serve o Ibama? Para fiscalizar pescadores amadores que pegam o peixe para comer, e não sabem que à noite, caminhões transportam de tudo sem serem vistos porque são invisíveis aos olhos da fiscalização?
Para que serve o Incra?
Para explorar os povos indígenas que continuam recebendo espelhos, apitos e cachaça.
Temos um ministério do Meio Ambiente.
Só podia ser meio. Porque não, do ambiente inteiro? Quantos funcionários tem esses ministérios, quantas salas eles ocupam?
Quantos trabalham de verdade?
Temos ministério da Reforma Agrária.
Que reforma?
Como reformar o que não dá mais conserto?
Eles simplesmente são do meio político.
Corruptos.
Corruptores.
Não sabem o que é natureza.
Não sei se perceberam...
Mas esse texto tinha tudo para ser um poema de exaltação da beleza de um luar, de um pôr-do-sol, de uma vida. Mas para que esses espetáculos possam continuar encantando, é preciso gritar aos quatro cantos do universo que o mundo pede socorro

Um comentário:

  1. Olá, Geraldo!

    É bom ver você em meu blog. Posto pouco, pke as atividades profissionais assim me obrigam e em agosto estive de férias, mas mesmo assim coloquei lá uma imagem para vocês comentarem.

    Deixar a hibernação -rs, talvez em meados o próximo mês, mas mais k um post por mês não será possível. Eu não sou político, portanto, não prometo aquilo que não tenho condições de realizar.

    Li seu fantástico texto, que em determinados parágrafos parece poético. Sua pergunta à lua e ao sol é curiosa, tal como a resposta deles. De facto, o Brasil está passando por momentos mto difíceis, mas foram os brasileiros, a maioria, que colocou Bolsonaro no poder e ele disse, antecipadamente, tudo o k iria fazer, portanto, ninguém votou ao engano.
    Todo o mundo pensava que viria aí uma ditadura, mas que nada. Ele não tem inteligência, é rude, grosseiro e não se sabe exprimir. Enfim, militar!

    Os fogos na Amazónia estiveram na ordem do dia, mundialmente falando, e essas coisas têm sempre duas faces: fogo posto ou é "natural" k isso suceda devido ao calor? Por aqui, tb tem havido incêndios, uns criminosos, outros, não, mas coisa de pouca importância, só que o Brasil é maior k a Europa toda e a maldade e desejo de enriquecimento é muitooooooooooooo elevado.

    Evidente que quem paga sempre é o trabalhador, o pobre, pke os mais ricos não estão nem aí. O Brasil é enorme e tem riquezas abundantes, k dariam para endireitar a economia, mas o desejo de lucro tudo suplanta.

    Portugal tem cada vez mais brasileiros(as) por cá. Condições satisfatórias de trabalho, em diversos setores da economia, segurança, sossego, limpeza, enfim, não somos o "País das Maravilhas", mas em relação ao Brasil a situação é bem melhor. O salário mínimo nacional aqui é de 650 euros, mas mtos patrões pagam 800 por mês. Ora, isso pra brasileiro é excelente, k não quer voltar ao Brasil nem morto, afirmam eles.

    Espero k vocês estejam bem e que o futuro de seus filhos e neto não esteja ameaçado.

    Beijos para todos vocês e um mto especial para seu neto.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade