Páginas

12 de fev de 2019

2019 – ANO DE LUTO E TRISTEZA


Resultado de imagem para barragem brumadinho
NESSE PAÍS SACANA, A NATUREZA, E A VIDA DE UM SER HUMANO VALE MENOS QUE UMA
CARRETA DE MINÉRIO E DE UMA BARRAGEM CHEIA DE LIXO TÓXICO.
               



Hoje uma amiga me questionou o porque de não estar postando há vários dias. Faltava e ainda falta inspiração porque há muito tempo estamos sendo bombardeados por noticias que nos estressam cada vez mais. Continua faltando inspiração, mas está sobrando tristeza e descrença em muitos seres que se dizem humanos, e principalmente nas leis e na justiça desse país. Há algum tempo escrevi o texto Quatro Meses de Agonia, meses que concentram vários pagamentos de impostos e outros mais. A Inspiração ainda não veio, é com tristeza que estou reescrevendo o texto MARIANA NUNCA MAIS SERÁ A MESMA, só que agora em dimensões infinitamente maiores em todos os sentidos, nas mortes de inocentes e na destruição da natureza. O palco da nova desgraça, a cidade de Brumadinho, que foi a bola da vez das cidades mineiras na rota das barragens que destroem a natureza, que com suas lamas carregadas de veneno matam centenas de pessoas inocentes.
Qual será a próxima?
Barão de Cocais, Itatiaiuçu, onde as sirenas tocaram seu grito de terror? Ou qualquer outra, onde a sirene não tocará seu canto fúnebre como aconteceu em Brumadinho?
Os assassinos de Mariana foram presos?
As empresas pagaram as multas?
Se pagaram para onde foi o dinheiro?
Os políticos elaboraram algum projeto para aumentar o rigor na fiscalização e penalizar os executivos das mineradoras responsáveis? Que no fundo se resume em apenas uma. Companhia VALE DO RIO DOCE, cujo rio deixou de ser doce quando foi invadido pelo veneno da barragem rompida em Mariana.
Sei que existem alguns políticos que fogem às regras, mas quantos tiverem suas contas bancárias engordadas para se fingirem de cegos e surdos?
Será que 2019 foi escolhido para para ser um ano macabro, será que o terror e a morte serão as eternas manchetes dos meios de comunicação?
Mortes de pessoas atingidas pela chuvas que precisam cair, mas a inércia dos governos sacanas ao não realizarem obras para amenizar o problema, faz com que muitos corpos caiam e sejam levados pelos vendavais.
Será que todas as forças do mal se uniram e estão conspirando contra os mais pobres desse país?
BRUMADINHO: Centenas de pessoas inocentes mortas, e a dona do minério, a Vale que não é mais do rio doce, paga horário nobre no rádio e na televisão dizendo estar lamentando o ocorrido e que está prestando apoio às vítimas. É claro que ela lamenta, é dona do minério e das vidas dos escravos que trabalham em suas minas, dona de muitos políticos e autoridades que também vendem suas almas ao demônio para se enriquecerem cada vez mais.
A exploração não pode parar.
FLAMENGO: O time de maior torcida do brasil, que gastou uma fortuna porá fortalecer a equipe, que paga mais de vinte milhões por um jogador, e deixa crianças e jovens morrerem queimadas dentro de um contêiner de ferro que servia de moradia para quem, que ao atingir seus dezessete anos seria vendido a preço de ouro para o mercado europeu.
E infelizmente, esperando uma nova desgraça, cito a morte de um dos maiores jornalistas de todos os tempos, na minha modesta opinião, Ricardo Boechat, e aposto que tem político pulando de alegria por se ver livre do jornalista que tinha coragem de falar as verdades que poucos querem ouvir. 

Fonte: Site Estado de Minas - Política  12/02/2019

"O governador Romeu Zema (NOVO) se referiu nesta terça-feira (12) ao rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, que deixou mais de 160 mortos e dezenas de desaparecidos, como um “incidente” e disse que a Vale está fazendo o possível para minimizar os danos. “Não tem faltado por parte da empresa neste momento assumir esse compromisso. Parece que desta vez eles reconheceram o erro apesar do incidente”, afirmou". 
"Zema defendeu que a oferta da empresa responsável pela barragem Córrego do Feijão, de conceder de R$ 1 milhão a R$ 2 milhões às famílias dos mortos, seja aceita pelos atingidos e encerre as negociações. “A Promotoria Pública tem de certa maneira forçado a Vale a ficar pagando uma bolsa-auxílio, o que parece não fazer sentido, porque se cada família receber de R$ 1milhão a R$ 2 milhões, teria condição de fazer um investimento e já ia ajudar a economia local a se recompor”, disse". 
Caro governador, o sr defende esta empresa do capeta porque não tem nenhum filho enterrado na lama da falta de vergonha na cara da maioria dos nossos políticos e empresários.
Caro governador, o sr. fala estas aberrações porque não tem nenhum parente enterrado na lama da falta de justiça desse país de brincadeira. Se seu filho estivesse sepultado debaixo desta lama fedorenta por culpa única e exclusivamente da ganância de empresários, e também pela conivência do poder público onde agentes corruptos vendem até a mãe para engordarem suas contas bancárias, o sr ainda estaria defendendo que o matou?
Neste país sacana, centenas de cidades já foram condenadas pelo juíz VALE que as colocam no corredor da morte, as exploram alegando que emprega muitas pessoas e paga muitos impostos. Neste país sacana, o corpo de jurados formado por políticos corruptos já absolveram o reú mesmo antes do julgamento.
Será que esse dinheiro sujo de sangue que a Vale que não vale nada, disse pagar, e que com certeza, grande parte vai parar nas contas bancárias de muitos políticos ladrões, é suficiente para amenizar a dor das pessoas que perderam seu patrimônio financeiro e sentimental?
A sirene macabra já tocou nas cidades que vou enumerá-las assim que forem noticiadas. 
Barão de Cocais.
Nova Lima 
Itatiaiuçu
Congonhas
Itabira.









2 comentários:

  1. http://www.idade-espiritual.com.br/2019/02/por-um-mundo-melhor.html?m=1

    Boa noite!
    Hoje agreguei seu link à minha postagem pois BRUMADINHO deve ser sempre lembrado com consciência por todos nós.
    Achei-o relevante e tudo que li sobre a catástrofe, eu divulguei dando os créditos.
    Felicidades e bênçãos para você!
    Abraços fraternos de paz e bem
    🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  2. Pois é amigo, como sabe sou filho de Itabira e ex funcionário da Vale desde o SENAI nos anos 70 e por lá fiquei até 1978, quando fui para São Paulo. Itabira é cercada pelas represas e calada pelas benesses da Vale, pois tudo que tem veio da Vale e como seu texto atual, nada foi dado de graça. Em momento lamentei o caso de Mariana, uma tragédia que para mim jamais se repetiria depois de ver o Rio de sangue Doce. E para minha decepção veio Brumadinho com toda carga de desgraça possível com estes mortos insepultos e um rio que já agoniza. Temo pelo que ainda pode acontecer com o Velho Chico nesta rota.
    Enfim poderia aqui ficar falando sobre estas represas e os acidentes, mas seu texto critico diz muito e a indignação é total amigo com as reações dos políticos. E temo que daqui a alguns meses a população possa esta lamentando a parada da Vale em nome do município que perde e muito com este acidente e muitas outras cidades pelo Brasil poderão pagar um preço alto pela parada ou diminuição da produção.
    É isso amigo.
    Um abração de paz.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade