BETIM, UM PARAÍSO SENDO DESTRUÍDO

19 novembro, 2012

ECOS DO DESCASO




















As manchetes a serem comentadas hoje é do dia 17/11/2012 e elas mostram o quanto somos apenas um detalhe para a maioria dos políticos e para todos os partidos.
“PREFEITOS EM FIM DE MANDATO DEIXAM POPULAÇÃO SEM MEDICO”.
“Derrotados nas urnas em pelo menos treze (13) cidades mineiras os prefeitos rescindiram contratos, atrasaram pagamentos e demitiram profissionais da saúde” 
Isto foi escrito na primeira página.
Na página três a manchete foi: “DERROTA NAS ELEIÇÕES TEM REFLEXO NA SAÚDE”.
“Em alguns municípios, como Lagoa da Prata que já vinha tendo problemas, depois das eleições eles piororaram de forma mais aguda”.
E a gente continua votando achando que algum político vai mudar esta situação.
Vejam as cidades citadas pelo jornal: Divinópolis, Sete Lagoas, Santa Luzia, Oliveira, Nova Serrana, Manhuaçú, Campo Belo, Matozinhos e Glauciolandia.
“Uma responsabilidade das prefeituras está injustamente sendo transferida para os médicos, isso é grave e vai morrer gente”. “Em época de eleição aumentam os problemas de saúde pública; Por um lado, o prefeito eleito fez muitos gastos e tem que fechar a conta, por outro, o que perdeu fica com raiva e quer se vingar.”
Isto foi dito pelo Dr. Cristiano da Matta Machado, presidente do Sinmed MG.
Ele tem toda a razão, muitas vezes esta “raiva” provoca a morte de muita gente, inclusive dos que votaram no perdedor.
O jornal cita apenas treze cidades, mas sem medo de errar, posso afirmar com toda a certeza que isso acontece em mais de 90% dos municípios desse país sacana com o seu povo.
A minha cidade não foi citada, mas a realidade aqui não é diferente. Tenho conversado com as pessoas que necessitam de atendimento e a reclamação parece um eco vindo de todas as cidades: 
Falta Médicooooooooooooooooooooo.
E com isso a demora ou a falta do atendimento chega às raias do absurdo.
É claro que todos estamos esperando que esta situação seja pelo menos amenizada, o povo votou para que isto aconteça.
E se não acontecer?
Será que daqui a quatro anos vai valer a pena votar em alguém, ou todos nós devemos votar em branco ou anular o voto para mostrar a nossa insatisfação?
Sinceramente espero que as coisas melhorem, principalmente para os pobres que tanto sonham e esperam pacientemente que um dia isso aconteça


Um comentário:

  1. Geraldo!
    Meu amigo!
    Ninguém escolhe adoecer, ninguém quer adoecer.
    Mas olha, realmente como está nem dá pra ficar pior.
    Todas as cidades do brasil onde seus atuais administradores foram derrotados estão sofrendo com o descaso de fim de mandatos.
    Pois seus funcionários tbm desmotivados estão indo só pra cumprirem horários, e com isso se torna cada vez mais péssimo o atendimento.
    E quem paga por isso é a população que se dirige por necessidade de algum tipo de atendimento publico.
    Seja na saúde ou em qualquer outros órgãos Municipais.

    É uma pena, é uma vergonha, mas é assim que tudo funciona no brasil.

    Bjos

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade