03 junho, 2021

VAMOS REFLETIR?

 

                                                           AFRONTA
Um salário de R$ 40.000,00 ou mais que alguns políticos e funcionários públicos ganham, fora os perinducalhos, é ou não uma afronta aos trabalhadores que precisam sustentar sua família com um mísero salário mínimo?
                                                     
                                                         DÁ NOJO
Dá nojo ficar vendo e ouvindo no noticiário as roubalheiras patrocinadas por ladrões engravatados protegidos por um mandato político
                                        

                                               VONTADE DE IR EMBORA
Ficar assistindo juízes sem escrúpulos libertando políticos ladrões dá na gente uma vontade danada de ir embora deste país. A vontade aumenta a cada dia que somos obrigados a conviver com as aberrações do talvez presidente bolsonaro.
 
                                                        TOLERANTES     
Quando começamos a formar família somos obrigados a sermos tolerantes com nossos filhos ainda crianças.  À medida que envelhecemos somos cobrados a sermos ainda mais tolerantes com nossos filhos adolescentes. Quando envelhecemos. infelizmente, muitos idosos tornan-se reféns dos filhos, que em sua grande maioria estão sugando tudo e mais um pouco daqueles que os geraram.                                          
                                             PINTAR OS CABELOS
A coisa mais absurda dos dias atuais é ver uma mãe levar sua filha de dez anos ou menos a um salão de beleza para pintar os cabelos.                                                    
                                            
                                                   VIDA DE CACHORRO    
Tem pessoas que pagam CR 80,00 para dar banho no seu cachorro, o leva regularmente ao veterinário sem reclamar o preço da consulta. Isto é muito louvável. Mas infelizmente em muitos casos, essa mesma pessoa não é capaz de pagar uma consulta com um especialista para cuidar da sua saúde e de pessoas da família. Prefere reclamar do mau atendimento do serviço público.
                          

                                     ESTE É UM PAÍS QUE VAI PARA A FRENTE                        
Vejam porque mostro minha indignação em alguns textos: 842.milhões de pessoas passam fome no mundo. No Brasil 13.600 milhões de pessoas passam fome. Mais da metade da população brasileira não tem água potável e convivem com esgoto a céu aberto. E ainda dizem que a violência é só dos bandidos que são presos em um dia e soltos no outro.                   
                                   

                                       DEPENDENTES DA BOA OU MÁ VONTADE
O Brasil tem aproximadamente 5568 municípios. Se levarmos em consideração que cada um possui uma casa de caridade que acolhe pessoas pobres, velhos, crianças, doentes mentais, e outros. E que em alguns existem mais de uma dessas instituições onde o número de abrigados é em média cinquenta pessoas. Podemos afirmar sem medo de errar quê: Trancados entre quatro paredes vivem 278.400 brasileiros dependentes da boa ou má vontade de estranhos. Se somarmos a esse número os que estão abandonados dentro das suas próprias casas, nas ruas e nas cadeias, este número chega muito perto do absurdo                                 
                                      

                                      SÃO COISAS ABSURDAS, OU NÃO?
Mangueira sendo usada como vassoura em plena escassez de água.
Policiais e agentes federais sendo presos por roubo e tráfico.
Cachorro com perna mecânica enquanto muitos pobres precisam se virarem pulando como o Saci Pererê.
“Funcionário Público” cuja única ocupação é conferir se o pagamento foi debitado na conta.
Assassino brutal sendo liberado para passar o Natal com a família.                                      
Eleição de dois e dois anos para que um vagabundo derrotado possa voltar ao cargo anterior.
                                            

                                                    ISOLAMENTO          
Parece que Deus gosta de usar as pessoas que escrevem para que elas possam mostrar caminhos diferentes para outras pessoas. Ontem resolvi caminhar em um horário que nunca tinha caminhado. O trajeto foi o mesmo de todos os dias. Margeando a pista existem três quadras de esporte. Nesse dia pude observar que duas delas estavam sendo utilizadas. Em cada uma um pai jogava bola com seu filho de aproximadamente quatro anos. A pergunta que faço é: por que esses pais não se uniram para baterem um papo, enquanto os filhos se interagiam entre si com a bola? Este comportamento é uma prova inequívoca que o ser humano está se isolando, e que as amizades são coisas do passado.
Será que famosa frase: Ninguém é uma ilha” está ficando no esquecimento?
                                             

                                          ONDE MORA O INIMIGO?
Hoje, na caminhada do dia a dia conversei com o Sr. Josué, ele tem oitenta e cinco anos e faz sua caminhada todos os dias. Perguntei sobre sua família. Ele disse que é viúvo e mora sozinho. Perguntei pelos filhos, disse que tinha três, que dois moravam em outra cidade e uma filha morava ao seu lado. Perguntei como era seu relacionamento com os mesmos. A resposta foi: "Mais ou menos, e emendou: "eles exploram muito da gente". Nesta conversa de menos de dez minutos ouvi a frase que certamente a maioria dos aposentados devem dizer, ou pensar todos os dias: "Eles acham que a gente não precisa do dinheiro da aposentadoria para viver'.                  
                             

                              MAIS COMPREENSIVOS OU IRRESPONSÁVEIS?
Lendo o jornal Estado de Minas de 05/01/2014 deparei-me com esta colocação de uma psicóloga: "Antigamente os filhos eram posse dos pais e obedeciam ao que era determinado sem reclamar. Hoje os pais são mais com preensivos, respeitam os filhos como pessoas, aceitam que os mesmos levem os namorados ou as namoradas para dentro dos seus quartos". 
Esta psicóloga esqueceu de responder a essas perguntas: Os filhos são mais compreensivos com os pais e os respeitam como pessoas? Os lares que são locais sagrados para a educação dos filhos serão transformados em Motéis? Os pais terão que se adaptarem e se transformarem em Camareiras e Porteiros de motel?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade