01 maio, 2021

TRIBUTO A TODAS AS MÃES

  TRIBUTO A TODAS AS MÃES

 

TRÊS GERAÇÕES SE ENCONTRANDO


Mais uma vez sou chamado a homenagear aquela mulher especial que tem o privilégio de ser chamada de Mãe. Não sei se vou conseguir! Não sou um poeta de palavras bonitas, nem mesmo sei se sou escritor, estou mais para um analfabeto metido a escrever.
Homenagear mãe é muito difícil. Por mais que procure não encontro no dicionário uma palavra para definir o que é uma mãe de verdade. Porque infelizmente existem as mães de mentira que são aquelas que geraram apenas para se verem livres.
Dia das Mães! Dia de receber presentes, até de quem sempre foi ausente. Mãe não pode ser reverenciada ou presenteada somente um dia por ano. É muito pouco! Para um filho ou filha de verdade todo despertar tem que ser de festa para quem os gerou.
Não existe nada mais gratificante do que termos uma mãe para nos abençoar, e como é bom ouvir um Deus te abençoe saído do fundo do coração de quem nos gerou com carinho.
Cada mãe é única. “Faça-se em mim a sua vontade”. Foi dizendo este sim que uma mulher simples se tornou a personagem mais importante da história da humanidade, quando sem hesitar colocou seu ventre a serviço de Deus para gerar seu filho Jesus.
Se agora consigo escrever foi porque uma mulher pobre, humilde no trajar, e rica no trato com os filhos, e de uma ternura sem par, permitiu que eu fizesse morada dentro do seu ventre. Que não soube o que era pré-natal e nem precisou de hospital para me ver nascer.
E muitas dessas mães estão abandonadas. Mãe que tem filho ou filha não pode ser colocada em um asilo se a condição financeira dos filhos seja realmente precária. Portanto quando vejo uma mãe ser levada para um asilo somente porque os filhos, mesmo com uma boa situação financeira, não têm paciência de cuidar daquela que o gerou. Este filho ou filha não entenderam que toda mãe é sem dúvida a encarnação do sagrado e que todas deveriam ter o direito de todo dia, ao acordar em um catre no barraco de uma favela, ou na cama de uma luxuosa mansão, poder perceber que é metade humana e metade divindade, e por isso, muito amada. Sei que este é um momento de festa, mas em respeito à grande maioria das mulheres que são mães por amor e com amor.
Quero levar minha solidariedade àquela mãe que gerou um filho ou filha de um pai que fingiu não saber, ou realmente não sabia que seu espermatozoide servia para alguma coisa. E sozinha sofreu os inconvenientes da gravidez, não teve ninguém ao seu lado quando começou sentir as dores do parto, e daquele dia em diante foi mãe e pai ao mesmo tempo.
Quero mostrar minha indignação contra a pequena minoria que se deixa engravidar sem nenhuma responsabilidade, pobre ou rica, que mesmo grávida não abandona o uso de drogas lícitas e ilícitas, que em pouco tempo irão matar ou fazer com que um ser inocente venha ao mundo com sequelas terríveis
Peço desculpas, mas vou demonstrar minha tristeza quando vejo uma mãe ainda menina que não está preparada para a vida, e descobre que de uma transa qualquer pode nascer um “boneco ou boneca” de carne e osso que irá mudar toda sua rotina. E a menina na idade de brincar, tem que assumir a responsabilidade de cuidar de uma inocente vida, ou joga-la no colo das avós
Quero deixar uma benção especial (se tenho este direito) àquela mulher, que é mãe duas vezes ao cuidar dos filhos dos seus filhos e filhas.  Infelizmente muitos acham que a mulher que os gerou tornou-se avó apenas para cuidar dos netos.
Mais do que nunca preciso demonstrar minha admiração à mãe que gerou um filho ou filha com ternura, e ao longo da sua vida dividiu seu tempo com o inocente fruto do amor.
Vou pedir emprestado um trecho de uma música do Roberto Carlos: “Espero que tenha sido com muito amor, e seja quem for há de achar também você tão linda esperando neném”.
Quero deixar um abraço forte para aquela mãe pobre que cuida dos filhos com o carinho a ternura que nenhum dinheiro do mundo pode comprar. Quero deixar meu abraço à mãe rica, que na ternura que só ela pode ter, abre mão de toda riqueza e luxo para cuidar da sua mais preciosa joia.
E por último, não poderia me esquecer da mãe que a natureza não lhe permitiu gerar seu próprio filho ou filha, mas repleta de luz se inundou de tanto amor que fez da adoção uma maneira de entregar-se de corpo e alma na criação da criança que não gerou.
Queria nesse dia ver todos filhos, no mais íntimo de suas almas e nos momentos de maior ternura dos seus corações, mirando-se no Deus da sua crença, olhando bem nos olhos de suas mães, dizerem baixinho aos seus ouvidos, ou gritarem bem alto se ela já não escuta tão bem: Mãe eu te amo! E como minha primeira morada foi dentro do seu ventre, quero que saiba que quando sua cruz estiver pesada demais sempre haverá um lugar na minha vida e no meu lar, para que eu possa ter o prazer de retribuir a graça de ter nascido.
Eu só existo porque fui gerado.
E só quem gera é mulher.
MÃE.

 

                               MENSAGEM DO FILHO AUSENTE

E ASSIM A VIDA SE TORNA UMA ETERNA DOAÇÃO


Mãe,
Obrigado por ter se entregado a alguém que tanto amava,
Ou a alguém por quem sentia apenas tesão
Ou nenhum dos dois,
E ter permitido que eu viesse a este mundo

Mãe.
Obrigado por me carregar no ventre,
Depois no colo,
Me entregado seus seios para que meu primeiro alimento
Também viesse de dentro de você.

Mãe
Obrigado por acompanhar meu crescimento,
Chorar quando eu adoecia,
Sorrir quando eu brincava,
Se emocionar quando eu brilhava
E se entristecer quando eu fracassava.

Mãe
Desculpe-me por ter crescido
E esquecido tudo tão depressa.

Perdoe! 
As vezes que não demonstrei tristeza 
quando se sentia solitária
Perdoe,
Por não ter ficado contente com a sua alegria,

Perdoe,
Por não ter me emocionado quando bravamente lutava para viver,
Perdoe- me pelo esquecimento
E hoje, lamento estar lembrando apenas porque vi e ouvi os anúncios de presentes. 
Como pensar em presentes, se sempre estive ausente?
Eu não soube ser filho.
Mas você, por amor, assumiu minha maternidade
 

7 comentários:

  1. Olá, Geraldo!

    Espero que todos estejam bem por aí. Aqui, está tudo caminhando razoavelmente.

    Hoje em Portugal e noutros países se celebra o Dia da Mãe (nós só o usamos no singular) e agora que o comércio está todo aberto filhos e filhas compram prendinhas para elas, mas, por vezes, é isso apenas, qdo o amor é mais importante.

    Mãe é sinónimo de doação, amor eterno e ternura. Eu não sou mãe por opção, mas sou feliz, desse jeito.

    Seu texto está mto bem escrito e demonstra tudo aquilo que uma mãe é.

    Beijos para todos e bom domingo

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Geraldo!
    Uma homenagem muito linda pra todas as mamães.
    Brilhante sua postagem, lindamente tecida.
    Uma boa semana de maio pra ti!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. E aí, Geraldo!
    Sempre levando-nos, através de seus textos, de encontro a realidades que nos tocam e nos levam a infinitas reflexões.
    Nesse mundo do "eu" refletir sobre "MÃE" é um grande desafio, pois não existe mãe sem que exista o filho, portanto falar de mãe exige que a gente saia do EU e caminhe ao NÓS, caso contrário as reflexões serão totalmente vazias.
    Ah! Como queria sentir novamente o colo quente e seguro de minha MÃE. Mas nos braços de Deus ela já se encontra e um dia lá também ouso estar.
    Abraços, Geraldo!
    Obrigado pelos textos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tito. Agora que sei quem você é, fica mais fácil te agradecer por estar lendo e mais ainda pelo comentários lúcidos. Um abraço, paz e bem.

      Excluir
    2. Olá Smareis, foi muito gratificante receber sua visita. Muito obrigado pelo comentário. Um abraço, paz e bem

      Excluir
  4. Muito verdadeiro, lindo.
    Parabéns às mães, neste segundo domingo de maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iva. É uma pena eu não conhecer você. Muito obrigado mesmo por ter lido e mais ainda pelo comentário. Espero receber você aqui novamente. Um abraço, paz e bem

      Excluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade