10 de jul de 2017

PATRIMÔNIO DE ASSASSINOS ESCANCARADOS

Cliquem no link abaixo para verem a reportagem sobre Geddel




Já estou cansado de escrever sobre os políticos e suas roubalheiras. Comecei a publicar o que escrevo em 2005, quando solicitei minha dispensa do controle de materiais do hospital regional da minha cidade. Cansei de ver pessoas morrendo por falta de um simples fio cirúrgico, que na época custava míseros quinze reais.
Foi preciso um partido de esquerda assumir o poder para que a podridão e a roubalheira viessem à tona. Foi uma pena, os políticos desse partido, antes de esquerda, aguçarem ainda mais o prazer de viverem na corrupção.
Foi preciso a ganancia por poder do senador aécio, com letra minúscula sim, e sua corja, em tomar a todo custo as rédeas da nação, para que essa roubalheira toda fosse escancarada.
Pasmem!
Será que em todo país, dessa corja de políticos ladrões, uma meia dúzia ainda se salva?
Acho difícil.
A começar pela minha cidade.
Todos sabem quem são os donos dos terrenos baldios, dos prédios de luxo que pipocaram pela cidade, dos sítios e fazendas nas periferias, com certeza, a maioria pertence a políticos, que antes de serem eleitos eram cidadãos comuns.
Todos sabem, menos a lei e a justiça.
Onde está essa justiça, com seus juízes moralistas?
No Rio de Janeiro, recentemente veio à tona que um aumento no transporte coletivo que
deveria ser de dois por cento (2%), foi reajustado em sete por cento (7%), e que o governador sergio cabral e sua corja embolsaram o equivalente como propina. Vocês conseguem imaginar a quantidade de dinheiro que represente cinco por cento (5%) de todo o transporte do estado, embolsado durante anos?
Cadê a justiça, onde estão os juízes que não mandaram baixar imediatamente o preço cobrado? Estes juízes que se acham deuses ficam brigando entre si, para ver quem vai ocupar mais espaço na mídia.
É um tal de um mandar prender, e o outro mandar soltar.
É um tal de que tudo tem que ser de acordo com a constituição, essa mesma que deveria ser rasgada, e os brasileiros honestos deveriam ter vergonha de ficarem cantando o hino nacional,
Recebi o comentário de uma leitora, ela não gostou quando me referi aos políticos ladrões, como filhos de uma égua, ela tem razão, nem mesmo uma égua teria coragem de parir estes filhos do demônio.
Ontem a televisão mostrou uma reportagem sobre o patrimônio do político baiano, Geddel, fiquei abismado com a falta de pudor desse ladrão, e de todos os outros que sangram os cofres públicos a centenas de anos.
Se juntassem todas as emissoras de televisão, elas gastariam um longo tempo para escancararem o patrimônio da corja toda de políticos deste país.
Quantas mil pessoas foram preciso morrer nos hospitais, e quantas mil pessoas foram preciso morrer sem dinheiro para comprar medicamentos, porque o dinheiro da saúde foi roubado?
Quantas mil pessoas foram preciso morrer assassinadas, porque o dinheiro da segurança foi roubado?
Quantas crianças estão abandonadas, porque o dinheiro das creches foi roubado?
Quantos velhos estão abandonados nos asilos sucateados, porque o dinheiro foi roubado?
Quantos jovens estão perambulando pelas ruas como zumbis, sem escolas, consumidos pelas drogas, simplesmente porque o dinheiro da educação foi roubado?
E hoje...
Aproximadamente, quatorze mil pessoas trabalhadoras estão desempregadas, simplesmente porque os políticos tiveram olhos apenas para os empresários e corruptos, em detrimento daqueles que não se cederam aos achaques, diferentes daqueles que só pensam em dinheiro e poder.


Nenhum comentário:

Postar um comentário