28 de mai de 2017

JOGADOS NO ABISMO DA POBRESA


Resultado de imagem para JOGADOS NO ABISMO DA POBREZA                                                                       Resultado de imagem para JOGADOS NO ABISMO DA POBREZA


Resultado de imagem para JOGADOS NO ABISMO DA POBREZA
É ASSIM QUE QUEREMOS NOSSO PAÍS?
                                          

Comecei a fazer como a maioria das pessoas de bem, não assistir e nem ouvir os noticiários, até havia pensado em não mais escrever sobre a podridão da política e dos políticos deste país campeão da falmacutaias.
Então...
Para que ficar vendo e ouvindo diálogos de ladrões, assassinos milionários que se enriqueceram matando os sonhos de milhares de jovens que pregam suas bundas cansadas nas cadeiras de uma sala de aula sonhando com um diploma que iria mudar sua vida.
Para que ficar vendo e ouvindo diálogos de ladrões, assassinos milionários que literalmente matam milhares de brasileiros que morrem à mingua, ao serem barrados nos serviços de saúde que tiveram suas verbas roubadas por famílias de políticos, e por empresários que há várias gerações roubam o dinheiro do povo, e educam seus filhos para também serem parasitas e assassinos.
Para que ficar vendo e ouvindo delações premiadas, de ladrões que mataram e continuam matando milhões de brasileiros que são mortos por assassinos que circulam livremente pelas ruas fazendo o que bem quiserem com a vida das pessoas, exatamente igual aos assassinos de gravata que percorrem os corredores, ocupam poltronas nos gabinetes acarpetados do congresso nacional  e nos palácios da Injustiça, e dos governos que são os verdadeiros responsáveis pelos assassinatos, ao roubarem o dinheiro que deveria ser investido na segurança, e também, ao criarem leis e venderem sentenças que empurram cada vez mais para o abismo da pobreza, milhões de desempregados que agora se juntaram aos pedintes que nos param todos os dias nas ruas deste país governado por sacanas.
Todos os dias, ao atender a campainha, vou ao portão e me deparo com pessoas, antes trabalhadoras, agora escravas do desemprego, humilhando-se ao pedir esmolas, implorando pelo amor de Deus, para que eu lhe ajude com alguma coisa, para não ver seus filhos também implorando um pedaço de pão.
E vejo os filhos dos filhos de uma égua da maioria dos políticos e empresários corruptos, gastando milhões de reais, como se fossem herdeiros das riquezas deste país, que teve seus cofres sangrados por estes párias sem pátria. E vejo esta mesma corja tentando nos convencer que não roubaram os milhões que aparecem em suas contas, ou foram transformados em bens móveis e imóveis, usando imagens de pessoas humildes para nos dizer que as leis que estão criando serão para melhorar a vida de todos, que é necessário impedir que o trabalhador se aposente, porque a previdência é deficitária, e que os bilhões que roubaram não são a verdadeira causa do empobrecimento da nossa pátria, mãe gentil, mãe somente de quem sabe roubar, e gentil para que quem é convivente com o roubo.
Posso dizer que nunca saí do país, estive do outro lado da fronteira de dois vizinhos, não conheço de perto outras culturas, não me arrependo, porque mesmo não conhecendo, se tivesse condição financeira, com certeza iria embora pulando de alegria.
Não importa para onde, para qualquer lugar que eu for, não vou me sentir conivente e culpado de tanto desmandos, por não ter lutado com mais ênfase contra as quadrilhas que nos governam.


Um comentário:

  1. Olá, Geraldo!

    Você já várias vezes pensou em não mais falar em política, escutar TV ou ler jornais, mas você vive no Brasil e não é cego, nem surdo, nem mudo, portanto não consegue travar sua língua.

    Compreendo a situação, mas estou longe e sei que há mta gente corrupta por aí, quer seja do lado de Dilma/Lula ou de Temer. São necessárias medidas fortes, mto fortes.

    Abraços com estima.

    ResponderExcluir