29 de abr de 2017

HOLOCAUSTO POLÍTICO


                                      NÃO DEIXE DE OUVIR O QUE DISSE ESSA SENADORA






Resultado de imagem para holocausto político
TENHO VERGONHA DE TER A MESMA NACIONALIDADE DESTAS CRIAS DO CAPETA

Resultado de imagem para holocausto político

Resultado de imagem para holocausto político
Os políticos ladrões são mais assassinos que esta besta.



O Holocausto foi uma prática de perseguição política, étnica, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de governo nazista de Adolf Hitler. 
*”Quando Adolf Hitler assumiu o comando da Alemanha em 1933, aquele país iniciou a institucionalização de uma ideologia mortífera. Se por um lado a repulsa aos judeus e outras categorias já existia na Europa há séculos, seria inédita a postura assumida pelo governo para lidar com essa situação. Sustentados por um pensamento pseudocientífico conhecido como darwinismo social, os nazistas perseguiram e executaram milhões de civis em um episódio que ficou conhecido como Holocausto”.
Honestamente não sei o que é pior, ter vivido o holocausto onde apenas um sádico dava as ordens, e uma meia dúzia de bestas feras obedeciam cegamente, e milhares de judeus foram queimados nos fornos da ignorância e da maldade.
Não sei o que é pior, ser queimado em um forno que em poucas horas transformava os corpos em cinzas, simplesmente porque um sádico com sua mente assassina assumiu o comando da Alemanha. Ou ser torturado todos os dias com imagens de pessoas morrendo de fome, ou nas filas dos malditos postos de saúde e dos malditos hospitais que mais se parecem com as câmaras de tortura, simplesmente porque um sádico ávido por mais riqueza e poder assumiu a presidência do Brasil.
*A população alemã em geral não sabia exatamente o que se passava nos campos de concentração. A demonização da ideologia nazista é um tema extremamente delicado quando lembramos que Hitler chegou ao poder de forma democrática e boa parte da população da Alemanha aprovava calorosamente o regime. De fato, o racismo era algo presente naquela nação, mas isso não significa muita coisa: se você observar com cautela, os principais jornais circulantes na Inglaterra e Estados Unidos naquele período, vai perceber que o racismo e a segregação também existiam nesses países. Apesar de haver casos de violência explícita contra judeus por parte de civis alemães, as atrocidades cometidas nos campos de concentração eram mantidas em sigilo pelo alto comando nazista”.
A população do Brasil não sabe exatamente o que se passa nos gabinetes acarpetados do poder e nas salas luxuosas dos tribunais de justiça que brincam de punir os ladrões de gravatas.
Não sei o que é pior, ficar isolado dentro de um campo de concentração nazista esperando a morte chegar, ou ficar em casa ouvindo o filho implorar por um pedaço de pão, ou ficar vagando pelas ruas como um zumbi, tendo sua mente torturada por notícias de roubos de milhões de reais realizados por políticos corruptos, que ignorando a democracia, com um golpe bem orquestrado assumiram o poder.
*“O Holocausto começou antes da Segunda Guerra Mundial. Desde o começo da década de 1930 quando os nazistas chegaram ao poder, começaram a surgir diversas leis de cunho racista que visavam limitar os direitos dos judeus, as novas regras proibiam desde a realização de casamentos entre judeus e arianos até mesmo a frequentar locais públicos (inclusive hospitais). Pode parecer estranho imaginar que a comunidade internacional conviveu com isso por anos, mas esta é a realidade. Enquanto os judeus mais ricos simplesmente fugiram para outros países, os mais pobres ficaram até o cerco se fechar”.
Não sei o que é pior: ter sido separado dos filhos e de todas as pessoas que amava simplesmente porque não tinha a pele branca e os olhos azuis, ou ficar vendo seus filhos e as pessoas que ama tendo seus sonhos de uma vida digna sendo ameaçados com a promulgação de leis que empurram os pobres, e principalmente os trabalhadores, para a miséria absoluta, ao votarem o fim das leis trabalhistas e da aposentadoria de pessoas que com suor construíram e constroem o futuro deste país.
Então, não sei o que é pior: ser assaltado por um ladrão assassino frio e cheio de ódio das pessoas e do mundo, ou ser assaltado todos os dias por pessoas sem caráter que nasceram em berço de ouro, e cresceram em um ambiente onde a ganancia e a prática da corrupção foi passada de geração em geração. Isso quer dizer, ser roubado por bandidos formados em famílias de políticos que se transformaram em verdadeiras quadrilhas e facções criminosas, que fizeram a população de um país continental se transformar em reféns onde muitos são mortos nas ruas, e principalmente nos locais de tortura em que se transformou os hospitais que tiveram a verba da sua manutenão roubada pela maioria destes políticos, que com um golpe bem orquestrado, são os protagonistas do HOLOCAUSTO POLÍTICO a que estamos sendo condenados.


*Fonte: HISTORIA ILUSTRADA : http://www.historiailustrada.com.br/

5 comentários:

  1. Grande Geraldo,

    passando para agradecer por sua visita! Aproveitando, após ler a postagem, comento que estamos passando por um momento político, econômico e social bem crítico em nosso país. Mudanças, intervenções, censuras... Tudo mesclado a perda de direitos de cidadania. O que há de sobrar para as próximas gerações: desafios que motivem mudanças ou aceitação vide comodismo? Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Geraldo.
    Comungo com seu sentimento de vergonha em ter nascido no mesmo País dessa cria de capetas.
    Teu artigo faz parte da minha revolta todos os dias!
    Somos hoje um país de povo politicamente míope (quase cego) e passivo de atitudes construtivas, governado pelos mais astutos vigaristas que poderíamos imaginar.
    As vezes não dá pra acreditar que possa existir pessoas tão podre como esses governantes. Deus é justiça, e dela ninguém escapa.
    Uma ótima semana!
    Um ótimo mês
    Um abraço, e um sorriso!
    Blog da Smareis

    ResponderExcluir
  3. Olá, Geraldo!

    Tudo bem? Já foi avô? Deus queira k tenha decorrido tudo bem.

    Estive lendo seu texto, com toda a atenção, e você estabeleceu nele comparações, devidamente fundamentadas, e até colocou perguntas entre o tempo e as ações de Hitler e o k atualmente está acontecendo no seu país. Deduzo, pelas suas palavras, que no tempo de Inácio Lula da Silva e da Sra. Dilma, tal não se passasse, desse jeito. Não vou, nem posso opinar, pke não sou brasileira, nem vivo aí, mas Geraldo fique sabendo que o mundo todo, excetuando a Coreia do Norte, a do "querido", está virando à direita e à extrema direita, pke os partidos socialistas europeus quase não existem mais, a não ser no meu país, onde umas "tozentas" (rs) forças políticas se aliaram para derrotar quem venceu, sem maioria, as eleições legislativas. O futuro é uma incógnita, mas estaremos nós apra vermos e apreciarmos o trabalho destes senhores, que não são como os do Brasil, isso não. Têm até mto cuidado com todas as suas atitudes, pke o Partido Comunista Português está tb no poder e os não deixa fazer besteiras, nem irregularidades. Vamos ver!

    Um big abraço e beijinhos para seu neto ou neta.

    ResponderExcluir
  4. Retificando: "trozentos" (rs); para vermos

    ResponderExcluir
  5. Olá, estimado Geraldo!

    Mto agradeço sua visita e palavras em meu blog. É bom irmos ao fundo do baú e revivermos palavras ditas e AINDA HOJE, ASSUMIDAS. Sou a Céu, agora, mas já fui Luz e quem sabe, um dia desses, não tenha outro pseudónimo.

    Então, fiquei sem saber se já era avô ou não. O parto estava previsto pra Maio ou estarei enganada? Bom, vá dando notícias, qdo desejar.

    FELIZ DIA DA MÃE, CDE TODAS AS MÃES!

    Um beijo pra todos vocês.

    ResponderExcluir