2 de set de 2016

DIZIMO DE SANGUE.


Resultado de imagem para dizimo de sangue
TIRAR 10% DO SALÁRIO DE UM TRABALHADOR É AGIOTAGEM.



Quando a gente se propõe ser instrumento, parece que Deus nos provoca a todo instante. 
Hoje, voltando da caminhada, apanhei um jornal na rua, e por coincidência era de uma Igreja, que me recuso a divulgar a denominação, a manchete em vermelho dizia: Ó DEUS, NÃO SE ESQUEÇA QUE SOU DIZIMISTA FIEL. 
Isto é oração? 
Isto é orar? 
E em todas as páginas trouxe fotos de pessoas, que enriqueceram depois que começaram a pagar o dízimo. 
E os que também pagam o dízimo e não conseguem enriquecer? 
Será que vão ter que passar a vida inteira gritando:  Ó DEUS, NÃO SE ESQUEÇA QUE SOU DIZIMISTA FIEL, ou será que a sua doação é muito pequena e Deus finge não vê e ignora a sua existência? 
Quem doa um minuto da sua vida para divulgar honestamente aquilo que Cristo nos ensinou "Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei", é muito mais dizimista do quem entrega todo o seu salário. O dever de todo cristão é colaborar com aquilo que puder para auxiliar na manutenção e melhoria da sua Igreja, sem nehuma imposição, sem querer nada em troca, principalmente um milagre mentiroso que é oferecidos em troca.
O dizimo de Cristo foi seu sangue e a sua própria vida. 
Quantos líderes de Igreja teriam coragem de pagar este preço?
A grande maioria não vai de maneira alguma abrir mão de morar em verdadeiros palácios e nadar em rios de dinheiro. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário