24 de jun de 2016

PRESERVE SUA VIDA, DIGA NÃO AOS JOGOS OLÍMPICOS.

PARECE UM HOSPITAL DE GUERRA,, MAS É O ATENDIMENTO DIÁRIO  DOS BRASILEIROS
O estado do Rio de Janeiro, sede da Olímpiada no Brasil, decretou Estado de Calamidade Pública. Isso quer dizer que serão cortados gastos, principalmente nas áreas da Saúde e Segurança.
Se você programou sua vinda para assistir os Jogos, pense duas vezes, a cidade e o estado do Rio não têm condições de lhe oferecer um atendimento médico de qualidade, e também não tem a mínima condição de dar segurança à você e sua família.
Pense bem, vale a pena arriscar sua vida e a de seus entes queridos, para assistir a Olimpíada em uma cidade poluída e infestada pelo Mosquito que transmite os vírus da ZICA E DENGUE?
PRESERVE SUA VIDA, DIGA NÃO AOS JOGOS OLÍMPICOS.
The state of Rio de Janeiro, Olympics headquarters in Brazil, declared State of Emergency. This means that spending will be cut, especially with the Health and Safety.
If you have programmed your coming to watch the games, think twice, the city and the Rio state can not afford to provide you with quality health care, and also does not have the minimum requirement to give security to you and your family.
Think about it, it is worth risking your life and your loved ones to watch the Olympics in a polluted city and infested by the mosquito that transmits the virus ZICA And DENGUE?
PRESERVE YOUR LIFE, SAY NO TO OLYMPICS.
El estado de Río de Janeiro, sede de los Juegos Olímpicos en Brasil, se declaró estado de Emergencia. Esto significa que se reducirá el gasto, especialmente con la Salud y Seguridad.
Si ha programado su venir a ver los partidos, piense dos veces, la ciudad y el estado de Río no pueden permitirse el lujo de brindarle una atención médica de calidad, y además no tiene el requisito mínimo para dar seguridad a usted y su familia. Piense en ello, vale la pena poner en riesgo su vida y sus seres queridos para ver los Juegos Olímpicos en una ciudad contaminada y infestadas por el mosquito que transmite el virus ZICO y el dengue?
PRESERVAR SU VIDA, NO A LAS OLIMPIADAS

Vea lo que se ha publicado en los medios de comunicación.
See what has been published in the media: In an interview, 
CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA VER A REPORTAGEM
Segundo o decreto, publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do estado, o motivo é a "grave crise financeira", que impede o cumprimento das obrigações assumidas em decorrência da realização da Olimpíada e da Paralimpíada.De acordo com o texto, o governo teme um "total colapso na segurança pública, na saúde, na educação, na mobilidade e na gestão ambiental". "Ficam as autoridades competentes autorizadas a adotar medidas excepcionais necessárias à racionalização de todos os serviços públicos essenciais, com vistas à realização dos Jogos", diz o artigo 2° do decreto.
According to the decree, published in a special edition of the Official Gazette of the state, the reason is the "serious financial crisis", which prevents the fulfillment of the obligations resulting from the completion of the Olympics and Paralimpíada.De according to the text, the government fears a "total breakdown in public security, health, education, mobility and environmental management." "They are the competent authorities authorized to take exceptional measures necessary for the rationalization of all essential public services, with a view to holding the Games," says Article 2 of the decree. ".
De acuerdo con el decreto, publicado en una edición especial de la Gaceta Oficial del estado, la razón es la "grave crisis financiera", lo que impide el cumplimiento de las obligaciones derivadas de la realización de los Juegos Olímpicos y Paralimpíada.De según el texto, los temores del gobierno un "colapso total en la seguridad pública, la salud, la educación, la movilidad y la gestión del medio ambiente." "Son las autoridades competentes autorizados a tomar medidas excepcionales necesarias para la racionalización de todos los servicios públicos esenciales, con miras a la celebración de los Juegos", dice el artículo 2 del decreto. ".
Agora vejam como será os Serviço de Saúde de uma Cidade, um Estado e um País que pensam terem condições de sediarem um dos maiores enventos esportivos do mundo. Clique  no Link abaixo para ler a reportagam da revista ÉPOCA que aborda este assunto.
http://epoca.globo.com/esporte/olimpiadas/noticia/2016/06/rio-nao-tem-condicoes-de-atender-aos-turistas-na-olimpiada-diz-entidade-medica.html



Um comentário:

  1. Olá, Geraldo
    Desculpe estar comentando anonimamente, mas gosto muito de ler o que escreve, principalmente quando fala desta raça ruim de políticos. Continue, quem sabe uma dia a coisa mude. Felicidades.

    ResponderExcluir