27 de jun de 2016

IMAGINEI VOCÊ



Publiquei este poema novamente, porque ao reler os comentários não consegui conter a emoção. Obrigado a todos que me dão o prazer da sua leitura.




VOCÊ PARA MIM É TUDO, EU QUERO SER SEU MUNDO PARA GIRAR AO SEU REDOR




Imaginei um lugar onde pudesse te encontrar
e este lugar era dentro de mim
que estou louco para te amar
Imaginei um paraíso
onde morasse a felicidade
para com você desfrutar caricias e entregas 
onde o amor existisse de verdade
e este lugar era dentro de mim
Imaginei uma vida inteira
sonhando ao seu redor 
inebriado por seus beijos 
ouvindo cantigas de amor
e este lugar era dentro de você 
Imaginei repartir com você 
minhas alegrias e meu viver 
me entregar por inteiro
pois sem você não sei viver 
imaginei você e hoje sou o mais feliz dos amantes
seu amor me tirou da rotina

 e nada mais é como antes


4 comentários:

  1. olá Geraldo bom dia!
    como é lindo seu poema, amei de coração!
    O amor e a felicidade só encontramos se procurarmos primeiro em nós mesmos, não é? Para podermos dar amor a alguém precisamos tê-lo e nada melhor do que amar a si próprio, pois assim a outra pessoa também aprende a nos amar.
    Lanço-te a pergunta que meu amor me fez há algum tempo atrás para que coloque-a em discussão no seu blog (também pretendo colocar no meu mas como o seu blog tem muito mais repercussão do que o meu vai ter mais respostas). A pergunta que ele me fez foi a seguinte: "o que vem primeiro: o amor ou o sexo?"
    Espero vê-la logo em discussão!
    Abraços da sua amiga blogueira,
    Kênia.Nininha
    ResponderExcluir
  2. Olá estimado Geraldo,

    Uauuuuuuuuuuuu! É caso para esta minha interjeição.
    Seu poema é tão belo e tão ousado!
    Estou imaginando a cena, que você descreve, com tanta sensualidade e fervor.
    Há, sempre, um dia e alguém, que nos tira da rotina. Habituação, andamos nós fartos.
    Pena é, que seja, às vezes, por pouco tempo, mas como diz Vinicius: QUE SEJA ETERNO, ENQUANTO DURE.

    O felicito pelo seu estado de alma, de homem apaixonado.

    Beijos de luz.
    ResponderExcluir
  3. Olá, Geraldo, tudo bem?

    Estou ainda procurando algumas palavras, depois da leitura de algo tão belo, tão fascinante fica até difícil a escolha do melhor adjetivo para presentear ao seu texto. Digamos que estou ainda sob o efeito do choque que seu texto causa no meu interior. Seus poemas são tão agudos que não chegam ao cérebro, estes, pousam direto no coração por simplesmente além de falar de amor, fornecem amor, distribuem amor, doam amor, vendem amor, exalam amor de tanto amor que ele possui. A riqueza de sentimentos que cada texto seu possui ao falar de sentimento é, digamos, fascinante. Nos imaginar na convivência com este sentimento, ser correspondido com este sentimento é realçar a beleza e perfeição deste tão intendo. Seu texto nos inspira e essa inspiração é o que te aproxima de grande escritores. Em sua biografia você disse: "[...] Escrevo simplesmente por prazer[...]" e é isto, exatamente isto, que dá ao seu texto a vida e a harmonia que nos encanta a cada leitura. Parabéns!

    Abraços, Wesley Carlos.
    ResponderExcluir
  4. Para o amor os melhores pensamentos e desejos.Bela inspiração amigo.O amor deve ficar mesmo no coração com todos os cuidados.
    Um abraço e boa semana.

3 comentários:

  1. Olá Geraldo!
    Muito bonito esse poema. Encantador!
    Ótima semana!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. É pena que o amor só seja visto por quem ama, tem beleza e doçura, mas também amargura quando não recebido e correspondido da mesma maneira.

    Só os corações puros veem o amor como Geraldo.

    Felicidades

    Cidália Rodrigues

    ResponderExcluir
  3. Olá, Geraldo...

    E quase cinco anos se passaram, e o poema, tal como os comentários continuam bem atuais.

    Amar e ser amado é o binómio perfeito para a felicidade.

    Não sabe escrever, do meu jeito, como eu não sei escrever do seu. Cada um tem seus próprios estilos.

    Grata pela visita e gentis palavras.

    Abraços.

    ResponderExcluir