11 de nov de 2015

ESTOU CANSADO

Este texto estava pronto antes do desastre em Mariana - MG, eu me sentia cansado, agora estou deverasmente estafado de tanto ver o ser humano e o mundo serem destruídos para o bem do progresso.                                                                    
                                                                 
                                                                        SAÚDE
Estou cansado de ver imagens de pessoas serem tratadas como lixo nas recepções dos serviços de saúde e dos hospitais deste país. É degradante ver seres humanos contorcendo-se de dores, espalhados pelos corredores, como se fossem lixo que ninguém quer recolher.
Estou cansado dos adeptos da famosa frase que ecoa com tristeza nos corredores dos hospitais: “A gente se acostuma”.
Estou cansado, de com tristeza, acordar no meio da madrugada, e ouvir os sons das sirenes das ambulâncias levando pacientes graves para um hospital sucateado onde a morte quase sempre é inevitável
Estou cansado de ver unidades de saúde fecharem as portas em feriados prolongados, e em tempos de greve. Tem-se a impressão que o usuário tem o poder de fazer sua enfermidade entrar em quarentena, até o dia ou a hora que os valorosos funcionários públicos resolvam voltar ao trabalho.
Estou cansado de ver as prateleiras sempre vazias dos almoxarifados, de materiais e medicamentos, enquanto os administradores que trabalham simplesmente pelo dinheiro, não tem coragem de denunciar o descaso com a vida, bem mais precioso do ser humano
Estou cansado de ouvir reclamações de profissionais que fizeram o juramento de defender a vida, que agora, por comodismo ou por medo, veem pessoas morrendo por falta de um fio cirúrgico barato, ou de um medicamento que não era prioridade de ninguém. Dói ainda mais saber que a causa real da morte nunca é relatada no atestado de óbito.
Estou cansado de ver cotas de atendimento, de material e de medicamentos, serem destinadas a políticos sacanas, (como acontece aqui), para atender seus puxa sacos, e estes idiotas que acreditam serem privilegiados continuam elegendo vagabundos por longos e longos anos
Estou cansado de ver pessoas bajulando políticos sacanas, votando em vagabundos, porque o sem vergonha consegue que esse eleitor idiota tenha preferência na hora de uma simples consulta
Estou cansado de ver um povo aceitar o sofrimento calado, agindo como cordeiros comandado pelo cajado de políticos sem escrúpulos, corruptos e sem caráter.
Estou cansado e ver políticos sendo atendidos em hospitais de primeiro mundo, com honorários e despesas pagas com o dinheiro roubado dos contribuintes.
Estou cansado de escrever que, enquanto a saúde pública continuar sendo moeda de troca na hora de eleição, enquanto políticos sacanas continuarem sendo eleitos simplesmente porque alguém conseguiu uma consulta, ou um exame sem enfrentar a “famosa” fila do SUS (Sistema Único da Sacanagem), essa vai continuar sendo a longa história de vida e de morte de um povo que não sabe ou não quer lutar pelos seus direitos.

                                                             POLÍTICA
Estou cansado de olhar para Brasília, a maior cidade do mundo, construída no século vinte, considerada patrimônio mundial pela Unesco, infelizmente mais conhecida como o berço da corrupção no brasil.
Estou cansado de ver políticos sangue sugas sendo eleitos por vinte anos ou mais, (como acontece aqui), acumularem riquezas como se um mandato tivesse a força da lâmpada do gênio ou de uma varinha mágica da bruxa.
Estou cansado de ver político ladrão tendo que renunciar ao mandato para não ser cassado, voltar de novo ao poder, pasmem, eleitos novamente por este mesmo povo pisado como lixo.
Estou cansado de ver político ser acusado de ter recebido, e com certeza continua recebendo propina, continuar presidindo as câmaras por este país afora.
Estou cansado de ver políticos profissionais que nunca defenderam uma causa, a não ser a própria, que nasceu, cresceu, formou-se nas melhores escolas, tudo com o dinheiro do contribuinte, que sem nenhuma cerimônia, sobe nos palanques para falar de honestidade e moralidade.
Estou cansado de ver políticos propondo e votando leis idiotas, mudando nomes de ruas apenas para homenagear um parente ou amigo puxa saco.
Estou cansado de ver políticos votando aumento de tarifas públicas, (aqui, o aumento do ônibus pegou o usuário de surpresa) para beneficiar empresários, que com certeza são os maiores doadores de campanhas.
Estou cansado de ver vereadores recebendo “salários” absurdos, para reunirem-se uma vez por semana, votarem leis que privilegiam somente seus interesses, e dos poderosos.
Estou cansado de ver políticos e suas famílias viajando por este país, e para o exterior com todas as despesas pagas pelos cofres públicos, o pior de tudo é o cinismo, quando dizem que estavam a serviço do brasil.
Estou cansado de ver políticos transforarem-se em donos de fortunas incalculáveis, serem os maiores latifundiários do país, donos de cidade inteiras, tornarem-se proprietários de imóveis valiosos que foram adquiridos ou incorporados, vamos dizer claramente, roubados, antes que melhorias públicas contornassem os mesmos.
Estou cansado dos sobrenomes malditos que nos assombram há várias gerações, que tem retrato de avó em museus, dão nomes às ruas, viadutos, comandam a mídia falada, escrita e televisiva, por exemplo, Sarney, Magalhães, Neves, Brizola, Arraes, Suplicy, Alves, Melo, Saraiva e tantos outros, que sangram os cofres públicos empregando filhos, netos, cunhados, irmãos, pais, mães, sogras, e não podemos duvidar, se não vão empregar também o cachorro da família.
Estou cansado de ver político ladrão votando leis como se tivesse moral para exercer a função.

                                              FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS
Estou cansado de ver funcionários públicos preocupados apenas com o salário e com a maldita estabilidade. Sem medo de errar, posso afirmar que, de cada dez funcionários, apenas três cumprem sua jornada de trabalho com responsabilidade, atendendo a todos com educação e produzindo algo para fazer jus ao salário que recebe.
“O mundo lá fora está pegando fogo, eu estou aqui jogando paciência”, esta frase foi dita por um funcionário do hospital em 2005, como deu para perceber, este pária nada produzia, imaginem esse mesmo funcionário com todas as facilidades das redes sociais!
Estou cansado de funcionário público assinando livro de ponto, mesmo com toda tecnologia disponível, o que é pior, com uma lei que torna o ponto eletrônico obrigatório para a inciativa privada.
Estou cansado de ouvir de funcionários que o maior consumo de material para escritório, como caneta, lápis, borracha, papel para impressora, etc.; se dá no mês de dezembro e janeiro. É coincidência ser logo no começo do ano letivo?
Estou cansado de ver veículos chapa branca cruzando as estradas nos finais de semana e nos feriados, principalmente aquelas que dão acesso a pontos de turismo e lazer. Estou cansado de ver veículos chapa branca levando e trazendo filhos de políticos, de funcionários, e de seus puxa sacos nas escolas e nos shoppings, enquanto as ambulâncias estão sucateadas e abandonadas nos pátios das oficinas.
Estou cansado de ver e ouvir funcionários descarregando suas frustações pessoais e profissionais, nos usuários que precisam pedir pelo amor de Deus para serem atendidos.


                                                            SEGURANÇA
Estou cansado de ver inocentes morrendo vítimas de balas perdidas, quando o marginal e a polícia enfrentam-se em uma guerra urbana que ceifa vidas todos os dias.
Estou cansado de ver policiais roubando e matando pessoas, como se fossem juízes e carrascos protegidos pela farda e pelo distintivo.
Estou cansado de ouvir coronéis dizerem que está tudo sob controle, enquanto ficam assistindo tudo confortavelmente sentados em suas poltronas.
Estou cansado de ver caixas eletrônicos explodirem sem que nenhum alarme seja disparado, e que nem um módulo de segurança mais simples seja usado para fazer o telefone de uma unidade de polícia ser acionado no momento do roubo.
 Estou cansado de ver motoristas embriagados, principalmente os ricos e poderosos, matando pessoas inocentes, liberados como se a vida tirada nada significasse.
Estou cansado de ver políticos, intelectuais, e formadores de opinião idiotas, se posicionarem a favor da liberação da maconha, deve ser porque a maioria deles são usuários, ou podem pagar estadia em um centro de reabilitação.
Estou cansado de ver CPI onde políticos que nada produzem, interrogam criminosos como se fossem investigadores criminais.
Estou cansado de ver políticos, empresários, funcionários públicos e pessoas poderosas ficarem em liberdade, mesmo depois de desvios de milhões de reais dos cofres públicos.
Estou cansado de ver pais e avós sendo explorados por filhos, netos, irmãos, funcionários de instituições financeiras, etc.
Estou cansado de ver mulheres sendo assassinadas pelo monstro que por possuir seu corpo, acha que é dono também da sua vida.
Estou cansado de ver políticos e poderosos ricos, serem condenados há mais de cinquenta anos de cadeia e saírem pela porta da frente do tribunal, para esperarem os recursos em liberdade.

                                                             SOCIEDADE
Estou cansado de ver pessoas esconderem-se atrás de muros altos com cercas elétricas, alarme e outras geringonças, sem importarem -se seu vizinho está passando por algum problema.
Estou cansado de ver e assistir programas de rádio e televisão, como as malditas novelas, tentando impor à sociedade um modelo de família diferente do normal. Pai Homem, Mãe Mulher, qualquer coisa diferente disso fere e mata a estrutura familiar, onde homem e mulher se unem para que, na verdadeira entrega de amor, os filhos sejam benvindos para dar continuidade à família.
Estou cansado de ver minha liberdade e de outros sendo desrespeitada, quando dizem que devemos ser politicamente corretos, querendo nos fazer aceitar o inaceitável, quando ao entrarmos em um estabelecimento público termos que achar natural, cenas que ferem os princípios morais da família.
Estou cansado de ver pessoas endividando-se ao tentarem imitar a vida fácil e fútil do mundo das celebridades.
Estou cansado de ver pais roubando a infância de seus filhos, deixando os mesmos presos a uma geringonça eletrônica, porque assim ficam quietos e não perturbam a vida de quem deveria ser o primeiro a zelar por sua saúde física e mental.
Estou cansado de ver idosos levando e buscando netos nas escolas e creches, como se fossem empregados dos seus próprios filhos.
Estou cansado de ver pessoas querendo viver de aparências, endividando-se como se cartão de crédito fosse dinheiro.
Estou cansado de ver jovens sem nenhuma perspectiva de futuro, porque seus pais deixaram que os mesmos fossem crescendo, sem nenhuma orientação sobre ética e valores que precisam ser respeitados por quem quer viver em sociedade.
Estou cansado de ouvir idiotices sendo berradas nas ruas, por pessoas que fazem do celular um canal de divulgação da vida vazia que a maioria está vivendo.
Estou cansado de ver corpos com tatuagens bizarras, que servem apenas para mascarar a frustração que a pessoa tem do próprio corpo, e até da vida que está levando.
Estou cansado de passar na frente das casas de pessoas que não são capazes de varrer sua própria calçada, deixando o lixo acumulado ser levado para a rede de esgoto.
Estou cansado de ouvir a barulheira infernal vindo do automóvel de um idiota, que se vê no direito de perturbar a todos com um som dos infernos que chama de música. 
                                                                         
                                                                

Um comentário:

  1. Fantásticos e realísticos textos! Parabéns, Geraldo!

    Esperamos todos, você, eu e os outros k todos os setores da vida e tb as pessoas melhorem, pelo menos, um pouco.

    Abraços.

    PS: agradeço visita e comentário lá no blog.

    ResponderExcluir