5 de abr de 2014

AS MÁSCARAS CAÍRAM

http://www.otempo.com.br/o-tempo-betim/ 
Segundo o jornal, Esta festa de lançamento da candidatura a Deputado Federal foi paga com o dinheiro roubado da Assistência Social.

Em um dos meus textos, chamei meus conterrâneos de um povo sem memória. Agora tenho pena dos 68.3% dos eleitores que foram enganados durante 12 anos por um jornal. Tenho mais pena ainda daqueles que faziam fila ou ficavam aflitos esperando o dia seguinte da edição, para saírem pelas ruas, endeusando o agora prefeito. Durante oito anos de mandato, nada de ruim do governo era publicado por este jornal, os crimes não aconteciam, a saúde era uma maravilha e o povo sofria calado. Todas as mentiras publicadas se transformavam em verdades através dos aproveitadores de plantão e de pessoas mal informadas.
Então aconteceu um milagre, e mesmo com toda a truculência e os milhões gastos na campanha, o grupo que comandava a cidade foi derrotado pelo Partido dos Trabalhadores.
Começava aí o inferno para a prefeita eleita.
E o jornalzinho novamente toma as rédeas da situação e numa explicita “imprensa marrom” começou a jogar na lama o nome da prefeita. Todos os acontecimentos ruins eram mostrados com estardalhaço e nada de bom que foi feito era publicado. E durante longos quatro anos a prefeita teve que conviver com o inferno astral infernizava sua vida.
Novamente todas as mentiras se transformavam em verdades absolutas.
Mesmo sendo bombardeada por mentiras durante todo o mandato, não vamos tapar o sol com a peneira. Foi sim, uma administração desastrosa. Os labirintos da política são perversos, e alianças e conchavos são alinhavados dentro dos gabinetes, prova disso, foi a quantidade de pessoas ligadas ao grupo derrotado que continuaram ocupando cargos em secretarias e departamentos estratégicos da administração. Deu-nos a impressão que o grupo da direita foi derrotado apenas nas urnas, porque no governo ganharam tanto espaço, que conseguiram colocar o irmão do principal adversário como secretário de uma das principais secretarias do governo. Isso sem citar o nome de funcionários apostilados com salários milionários, aliados da direita, que no final do governo surgiram como salvadores da pátria.
E enganados pelas “pessoas de confiança” e sobre a forte influencia do jornalzinho o povo foi novamente às urnas e devolveu o poder para quem os havia explorado durante oito anos.
E agora?
O feitiço virou contra o feiticeiro.
O poder cega as pessoas e o dinheiro ganho fácil embrutece os corações.
E o jornal que é a menina dos olhos de milhares de betinenses, agora resolveu mostrar a verdade, a perda de poder fez as mascaras caírem.
E como aconteceu nos dois primeiros mandatos deste governo, novamente a verba da Assistência Social foi roubada. Só que naqueles anos, o poder era dividido e nada era mostrado para o povo.
Aconteceu de novo.
Foi um golpe de sorte para o povo desta cidade, agora que a dobradinha maldita não existe mais, os podres da administração estão sendo mostrados. O que está acontecendo agora é apenas uma repetição do que aconteceu durante os oito primeiros anos da administração deste governo.
Diz o ditado popular, que a voz do povo é a voz de Deus,
Aqui na minha cidade, este ditado não tem nada a ver, o povo foi enganado com muita facilidade e também foi de uma falta de sensibilidade sem tamanho, para reconhecer, que mesmo errando, muita coisa estava sendo feita para os mais pobres.
Que as verdades continuem sendo publicadas, mas o povo não se engane, em pouco tempo, este jornal estará endeusando outro político para mais uma vez tirar proveito da ignorância política do nosso povo.

Você pode mandar seu comentário também par ao e. mail. geraldo@tremnet.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário