23 de out de 2013

CAMINHO E DESCAMINHOS

                                                                                
PARTIR É MUITO FÁCIL, DIFÍCIL É CHEGAR

Nos descaminhos e caminhos da vida
Por procurar muito além do que necessitava
Muitas coisas e pessoas se perderam
Nessa caminhada sem fim e sem destino

Quando alguém se vê em uma encruzilhada
Não sabendo qual rumo tomar
Leva a vida sem norte, e sem sentido
Sem ninguém a lhe esperar, e nenhum lugar para voltar

Simplesmente porque abandonou
Amores perdidos nos caminhos da vida
Não soube a ninguém afagar e cativar
E sozinho, não teve a quem se entregar

E andando sem ter para aonde ir
Perambula noite e dia sem cessar
Sem encontrar em seu caminho
Um colo, ou um ombro aconchegante para descansar

Colhe o que planta
Não soube semear com sabedoria
Largado ao léu num sofrimento sem medida
Ainda assim procura o sentido da sua vida.


Um comentário:

  1. A dureza da partida ainda é a incerteza da volta, por isso partir é sempre um risco.
    E a vida tem suas máximas, o que se planta colherá.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir