20 de set de 2013

JOGANDO A TOALHA


PRECISAMOS ACABAR COM OS SOBRENOMES DA POLÍTICA

Hoje eu ouvi uma noticia que me deixou constrangido. 
Um juiz inocentou o reitor da Universidade de Brasília porque não achou nada de anormal ele ter gasto 500 milhões para decorar o seu apartamento. 
Uma das alegações deste “grande” Juiz foi que o apartamento é usado para receber intelectuais, cientistas e outras pessoas importantes. 
E pasmem! 
Tudo pago com dinheiro do contribuinte. 
Com o nosso dinheiro. 
Para que se constrói tanto auditório e salas de reuniões luxuosas nos prédios públicos se estes locais não servem para estes encontros? 
É como dizem os políticos: É imoral, mas não é ilegal. 
Então a nossa Lei é imoral e precisa ser mudada. 
Porque as autoridades precisam morar em dependências do governo? 
O salário que ganham e mais que alguns abocanham não são suficientes para que possam comprar uma excelente moradia? 
Ou estas moradias do governo são simplesmente para passar o tempo, enquanto suas moradias e seus lares de verdade são as fazendas as casas de praia? 
Será que é a Lei ou os políticos que precisam serem mudados? 
O pobre assalariado não é obrigado a tirar da própria boca para pagar o aluguel de um barraco na favela? 
Quem é que está se importando com quem  mora em barraco, eles só existem de 04 em 04 anos e quando comete um pequeno delito vai para a cadeia sem que nenhum juiz leve em consideração o fato dele ser arrimo de família e que sua mulher e filhos podem até passar fome. 
Isto não importa! 
A nossa Constituição diz que todo cidadão tem direito a moradia e alimentação digna.
Para que serve a constituição se a Justiça a ignora? 
A Justiça é o avesso da Policia Federal. 
Os grandes corruptos são presos depois de meses de investigação e soltos em poucas horas ou alguns dias sem que ninguém fique sabendo por que. 
Estamos em ano eleitoral. 
Agora pessoas que batem no peito jurando acreditar em Deus (de todas as religiões) se vendem a qualquer sacana a troco de poder, dinheiro, ou um emprego, e como puxa sacos irão frequentar os barracos como urubus na carniça oferecendo tudo a troco de um voto. 
Toda eleição no nosso país é imoral. 
Porque a Justiça é imoral. 
Candidato pobre não se elege a não ser que seja apoiado por algum empresário ou um político influente que banca a candidatura e passa a ter a seu serviço um babaca que se tornou simplesmente um boneco de marionete. 
Não quero ser o dono da verdade, este texto é apenas mais um desabafo. 
Eu queria que todas as pessoas que ainda guardam dentro de si um pouco de dignidade a usassem para dizer um grande não ao político profissional. 
Que trabalhasse para eleger somente candidatos novatos na esperança que, agindo assim alguma coisa possa realmente mudar. 
Não é possível que o povo vai querer de volta os políticos que governavam somente para os ricos
Precisamos banir os sobrenomes de todas as esferas do governo, Chega de Sarneys, Neves, Magalhães, Suplicy, Cavalcanti, chega e avô, filho, neto, bisneto, irmão, primos e sobrinhos sendo eleitos em todo o Brasil
Então no ano que vem é hora de protestar não reelegendo nenhum senador ou deputado, se depois de tanta bagunça e protesto, se não houver uma renovação de no mínimo 80% na Câmara dos Deputados e no Senado eu jogo a toalha e quero que mais é que este país se exploda.
Cliquem neste Link http://www.brasil247.com/pt/247/poder/57102/ as falcatruas dos políticos que querem recuperar o poder
Este texto foi escrito em 2008, somente fiz algumas alterações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário