5 de mar de 2013

SINALIZADOR DA FALTA DE JUSTIÇA

ELE QUERIA APENAS TORCER PARA O SEU TIME





Detesto todos os tipos de fanatismo, o religioso faz o crente comprar o inferno enquanto paga pelo céu. O fanatismo político faz as pessoas amarem ditadores e se transformarem em puxa sacos de sacanas que só sabem roubar o dinheiro dos impostos. O fanático idealista diz que ama o seu país ou seu time de futebol acima de todas as coisas.
Eu não sou fanático por nada, gosto de futebol apenas na televisão e assisto qualquer jogo, quando o time da minha simpatia perde é como se nada tivesse acontecido, afinal os milionários jogadores não povoam a minha mente.
Se eu tiver que dar a minha vida por alguma coisa será por minha família e por aqueles que sofrem.
Tenho escrito sempre que não morro de amores e não sinto nenhum orgulho de ser brasileiro, enquanto as câmaras de vereadores e de deputados e o senado continuarem sendo frequentado por ladrões (com raríssimas exceções).
No dia em que os sobrenomes Sarneys, Neves, Magalhães, Cardoso e tantos outros não tiverem mais votos neste país. Se um dia um politico não puder reeleito mais de uma vêz, aí sim vou voltar a ser brasileiro.
Como já disse em outros textos, sou um sonhador.
Vejam os textos que escrevi
É claro que vou ser contestado por muitos que não concordam com as minhas ideias.
Isso é natural.
Isso é saudável.
No futebol torço contra a seleção desde que ela começou a correr atrás do tetra e espero que nunca alcance.
Vejam os textos que escrevi:
E depois da idiotice e fanatismo idiota de um torcedor que afundou ainda mais na lama o nome do Brasil, sinto-me mais à vontade para torcer contra estes times que se acham donos de mundo e de todas as verdades.
É uma pena os grandes clubes apoiarem estes grupos de bandidos, em detrimento da grande maioria que gastam o que não tem para apoiar o seu time do coração.
A mídia esportiva de São Paulo, com raríssimas exceções, deveria tomar vergonha na cara e parar de dar ibope para este time e sua torcida de marginais. Ouvi varias vezes alguém dizer que o time não tem nada a ver com o episódio que culminou na morte de menino.
Ora, não precisa ser especialista para saber que a torcida é parte integrante de um time, sem ela eles não existiriam.
Quando apresentaram um ”menor de idade” para assumir a autoria do crime brincaram com a inteligência de todos nós, depois vem o advogado com a frase mais espetacular dos últimos tempos: Vou provar que meu cliente é culpado.
Quero ver a reação das autoridades diplomáticas do Brasil.
Se realmente este “de menor” é o assassino,deverá ser julgado na Bolívia, o que esqueceram é que somente em um país sem lei um “de menor” não vai para a cadeia.
O Brasil é o maior país da América do Sul.
Será verdade?
Estamos tendo aula de justiça com os bolivianos.
Que adianta ser o maior em extensão territorial, em riquezas naturais, se eticamente falando, somos de quinto ou sei lá quantos mundos e um dos primeiros em falmacutaias.
Este é o “meu país”.
Um jovem com quase dois metros de altura, com menos de dezoito anos pode matar, roubar, traficar drogas, eleger um presidente, vender seu voto para um sacana e não pode ser preso.
Esta é justiça do país onde nasci e que sem sombra de dúvidas ainda não merece o meu respeito.
Este foi o Sinalizador do país das injustiças.
Clique nos links abaixo para ver a violência na ótica de um Professor e Filósofo do Rio de Janeiro   Estes lins vão levar você à uma verdadeira aula de pura verdade sobre a violência como um todo, principalmente no futebol.
 Aqui o jornalista JUCA KFOURI entrevista o professor Mauricio Murad.


PARTE 01
https://www.youtube.com/watch?v=pu8hB3YrYHA

PARTE 2
http://www.youtube.com/watch?v=_PN_-Cyt4KI

PARTE 3
http://video.br.msn.com/watch/video/no-juca-entrevista-murad-diz-que-cerca-de-7-dos-torcedores-que-vao-aos-estadio/1rgl7b66k?from=gallery_pt-br&cpkey=d9f23210-e0a1-480a-8dad-14caa4c86c4e%257c%257c%257c%257c






2 comentários:

  1. Bom Dia, Geraldo ♪♫

    Gritar nossos protestos, nossa tristeza e demonstrar nossas emoções abrindo o coração através da música ou da poesia torna tudo mais vivo e mais marcante de forma menos dura ou impactante. Incrível! Agradeço o carinho do comentário deixado em meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Geraldo!

    Obrigada por sua visita e gentil comentário.

    Não vou tecer considerações, sobre o seu texto, sobre a sua Pátria, mas você sabe o que penso.

    SOU CONTRA O DIA INTERNACIONAL DA MULHER E SUA CELEBRAÇÃO. ISSO SE CHAMA DISCRIMINAÇÃO.

    Todos os dias são para os homens e para as mulheres, de forma igual.

    Saudações.

    ResponderExcluir