4 de dez de 2012

VOANDO BAIXO




TODOS DEVEM SONHAR COM  OS PÉS NO CHÃO.
Manchete do jornal Estado de Minas de 02/12/2012
Manchete: “FIM DA ERA DAS TARIFAS BARATAS”.
“Modelo do setor adotado no país concentra voos em quatro companhias, o que faz os serviços ficarem mais caros”.
“O mercado brasileiro de aviação volta a ficar concentrado nas mãos de quatro companhias áreas: TAM – GOL – AZUL/TRIPP – e AVIANCA, resultado desta concentração reflete no bolso do consumidor e há grande risco de apenas a elite voltar a voar”.
Isto demorou para acontecer.
Será que todos acreditaram que uma companhia aérea iria conseguir manter os aviões voando com preço das passagens abaixo de R$ 100,00?
E pasmem! Houve ocasião que o preço chegou ao cúmulo de ser vendida a R$ 1,00.
É preciso que o governo repense suas políticas sociais e econômicas.
É preciso que o cidadão repense suas atitudes de economia e passar a comprar apenas porque o imposto baixou ou a prestação e baixo e dá para pagar.
O brasileiro está endividado.
A grande maioria não tem como pagar, fruto da irresponsabilidade de quem incentivou o consumismo e de quem achou que agora pertence à classe dos que podem comprar.
E este mês...
Que não tem nada de nascimento do menino Deus e a grande maioria não está nem aí se isto é verdade ou não, querem mesmo é entupir as escadas rolantes dos shoppings e se encherem de sacolas com produtos e presentes, que na maioria das vezes não passem de coisas supérfluas e sem sentido.
As lojas já estão projetando aumento das vendas em relação ao ano passado.
Os salários estão aumentando?
Quem ganha salário mínimo pode comprar alguma coisa que não seja simplesmente alimentação?
E quando Janeiro chegar?
Como pagar as contas atrasadas e as que foram feitas para celebrar um Natal de mentira e a chegada de um ano novo que de novo não trás absolutamente nada?
E quando os “contemplados” com o programa “Minha casa, minha vida” não puderem pagar as prestações?
O governo vai ter coragem política e social de jogá-los na rua?
Anotem aí!
Se isto já não estiver acontecendo não vai demorar muito para estourar de vez.
E como vai ficar o mercado imobiliário?
Nos próximos seis anos continuaremos sendo enganados pela Copa do Mundo e pelas Olimpíadas com obras faraônicas sendo construídas para depois ficarem abandonadas ou na posse de alguém mais poderoso ou mais corrupto.
Isto sem contar no desvio de verbas que já corriqueiro em todas as esferas do governo (com raríssimas exceções).
Um exemplo disto é o meu estado, milhões estão sendo consumidos na reforma, ou melhor dizendo, construção do novo Mineirão. A imprensa e os políticos dizem ser uma maravilha, mas esquecem de dizer para as pessoas que os dois maiores times do estado só vão jogar ali os grandes clássicos. Tenho certeza absoluta que Atlético e Cruzeiro  só jogarão nestes estádio quando o público for acima de 40.000 torcedores.
E quando isto acontece?
Raramente.
Portanto, para encerrar, governo e cidadãos precisam colocar o pé no freio ou então a vaca vai para o brejo.
Precisamos ter os pés no chão sem nos deixar encantar pelos holofotes e brilhos de ocasião, em outras palavras, precisamos voltar a ficar VOANDO BAIXO.
Tomara que eu um simples analfabeto sonhador e metido a escrever esteja enganado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário