25 de jul de 2012

TODOS OS SEGREDOS

VOCÊ É O MEU DOCE SEGRÊDO
                                                                 

Quem inventou o amor de mentira?
que machuca e magoa?
Ninguém!
Amor de mentira é:
ciúme exagerado
sentimento de posse
entrega sem retorno.

Isso não é amor.

E o amor que encanta?
só pode ser criação dos Deuses
porque o amor de verdade
provoca arrepios
um frio na barriga
aguça o tesão
dá asas aos amantes
para alçarem voos nunca imaginados

Que em voos rasantes se entrelaçam
em beijos e abraços
no entrelaçamento dois corpos
se fundem em um, na entrega total
do prazer infinito.

E quando voam para as alturas
sobem pelas paredes
em um tesão desenfreado
sem medo de se machucarem

porque o amor de verdade não acaba

nem dá um tempo
porque é dono de todos os segredos
guardados a sete chaves no coração
de duas pessoas que se amam de verdade.








5 comentários:

  1. Bom dia Geraldo,

    Li, aliás, já tinha lido logo no dia da postagem, seu poema, com muita atenção, como sempre o faço.
    Não o comentei mais cedo, porque não me apeteceu. Não tive falta de tempo, não estive doente, não tive problemas com meu PC, nem fui viajar (essas são as desculpas mais usuais, mais furadas que nem peneira velha) e que as pessoas costumam falar.

    Quanto ao seu poema, pois o amor tem de ser VERDADE, caso não, pode encontrá-lo(não é amor, bem sabemos) ao virar da esquina.
    Mas não é desse que você fala, aqui. Você fala do amor em consciência, sem mentiras e sem vendas. Mas, o amor, pode transformar-se em acomodação, hábito e a pessoa pensa que é amor, mas já não é, é uma espécie de afeto, de amizade com letra maiúscula.

    A ARROGÂNCIA E A PREPOTÊNCIA AFASTAM QUALQUER UM DO NOSSO LADO. DEVEMOS SER GENTIS, SINCEROS E AMAR E RESPEITAR, SEMPRE, OS OUTROS, NA DOSE CERTA, QUE PODE SER TOTAL.

    Não basta falar dos desprotegidos, que queremos igualdade social, respeito para as famílias, isso e aquilo e depois, na prática, na nossa relação com os outros, somos rudes e fazemos, precisamente o contrário.
    Onde estão as tão apregoada solidariedade, consideração, respeito e amor pelo próximo?

    A imagem, que escolheu para colocar ao lado de seu poema, mostra bem, como pode ficar um ser humano. Ali, é uma mulher, mas poderia ser um homem. A SOLIDÃO E O ABANDONO NÃO NÃO ESCOLHEM SEXO.
    Você é o meu doce segredo, título que deu à imagem. Faz pensar. Parece que você se contradiz, quer algo a que não tem acesso, e daí a revolta.

    Se assim procedermos, ficaremos isolados, que nem ilhas, pedindo socorro a todo o mundo e há sempre alguém, de bom senso, que nos estende as mãos e o olhar, porque nós, só estávamos precisando de atenção.

    A DEIXEI, AQUI, HOJE, PRA VOCÊ.

    Bom final de semana.
    Abraço, de estima.

    ResponderExcluir
  2. Oi! todas as verdades sobre o amor vc descreveu aí...não poderia ter dito de uma forma tão real como essa.
    e o comentário da Luz fechou com chave de ouro.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Geraldo e quem conhece todos os segredos do amor?
    Adorei, vou compartilhar, beijo grande

    ResponderExcluir
  4. Olá Geraldo!

    Que bom seria conhecer todos os segredos do amor...Pra mim o maior segredo do amor, e ser verdadeiro quando se ama.

    Abraço!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  5. Brigada pelo seu comentário no meu blog!

    Passando pra te desejar uma ótima semana.
    bjos

    ResponderExcluir