13 de abr de 2012

PORQUE FALTA MÉDICO NO SERVIÇO PÚBLICO?

ONDE SERÁ QUE OS MÉDICOS FORMADOS COM O NOSSO DINHEIRO ESTÃO ATENDENDO?

Hoje eu queria estar postando uma poesia. Mas lendo a colocação de um leitor do jornal Estado de Minas, gostaria de divulgar o que ele sabiamente colocou.
Esta colocação é realmente para provocar discussão, gostaria que quem concordar divulgue nas redes sociais, quem sabe assim, alguma coisa poderia começar a mudar neste país?

                                                  PORQUE FALTA MÉDICO NO SERVIÇO PÚBLICO?
Quando um aluno pobre usa o FIES para se formar ele não é obrigado a pagar depois de formado?
Em todo o país as Universidades Públicas formam milhares de médicos todos os anos, a maioria destes formandos, com raríssimas exceções são oriundos de famílias ricas e em muitas delas a profissão é passada de pai para filho, dos quais, muitos são donos de clinicas e hospitais,
Quem paga para que pessoas ricas se tornem doutores?
O povo!
Então porque o governo não cobra uma contrapartida para que estes doutores prestem serviços no SUS durante algum tempo para pagar sua dívida com o estado?
Porque temos que assistir milhares de pessoas morrendo por falta de atendimento se o governo todo ano forma centenas de doutores?
Porque temos que assistir a indignação da população, principalmente contra os prefeitos, pela falta de atendimento, enquanto os doutores formados com o dinheiro de todos que sofrem nas filas, vão trabalhar nas clinicas particulares ou das suas próprias famílias?
Quando alguns deles vêm prestar serviços no SUS, são remunerados, e com raríssimas exceções  o fazem apenas para ganharem experiência e logo vão embora.
Falar mal do SUS é muito fácil.
Dizer que não querem contratar é uma irresponsabilidade, ou uma maneira de fazer política suja contra quem está governando.
Precisamos parar de dar esmola para ricos.
Agora com o curso de MEDICINA da PUC em parceria coma Prefeitura, o atendimento na saúde irá ganhar um reforço com a presença de professores orientando seus alunos no atendimento aos usuários da rede pública.


6 comentários:

  1. Olá Geraldo,

    Eu não sou Brasileira nem vivo no Brasil, daí desconhecer essa triste realidade.
    Em Portugal, todo o médico recém formado tem de trabalhar no Serviço Nacional de Saúde, durante algum tempo e, se for para longe, de sua residência, paciência.
    A grande maioria dos médicos Portugueses dá muita atenção aos seus doentes. Claro que há casos de incorrecção e até de enganos graves, que podem culminar na morte do paciente, mas o médico tem de pagar uma elevada indeminização à família do defunto e pode mesmo deixar de exercer sua profissão, para sempre.

    Os hospitais públicos Portugueses estão satisfatoriamente apetrechados de meios técnicos e humanos.

    Bom fim de semana.
    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  2. Falta medico porque falta governo amigo.
    Falta medico porque a verba destinada a incentivar serviço,
    é constantemente desviada como bem sabemos.
    Falta verba, porque reina a impunidade.
    Se houvesse vontade ja tinhamos uma politica voltada para utilização desta mão de obra, bem como haveria uma condição de fazer com que os profissionais fossem para os grotões e sertões deixados à toda sorte.Saiba que tem municipios na Bahia que a pessoa tem de viajar mais 600 Km para atendimento medico,que é feito em Salvador.Enfim amigo, o problema da saude passa pela vontade politica mesmo,basta analisar o volume de dinheiro que se emprega para outros eventos que não são basicos.
    Bela partilha do artigo amigo,mas ainda temos muito que marchar.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. É TRISTE REALIDADE!! ESSA FALTA CONSTANTE PRA MIM É FALTA DE AMOR AO PRÓXIMO!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá estimado Geraldo,

    Agradeço seu comentário em meu blog.
    Para melhor, mudamos sempre, mas o amor ao nosso país fala mais alto, eu sei.

    Boa semana.
    Venha comer uma fatia de bolo, venha!
    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  5. Oi Geraldo!

    Acho que falta tudo ultimamente, os politicos esqueceram do povo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Geraldo

    Quanto tempo não nos comunicamos. Peço, inclusive, perdão pelo tempo ausente. Estava em semana de provas desde o dia 10 e elas só dissiparam hoje. Inclusive estou pensando em uma pré-desativação do blog, ainda não é nada certo, mas se for volto a comunicar-lhe, no mais o blog ainda estará aberto.Quanto ao texto eu prefiro nem começar a me manisfestar aqui se não o comentário ficará muito extenso. Suas perguntas são perturbantes, nos incomoda! E lhe respondo com outra pergunta: "Onde há de estar o amor desta sociedade?" Um Abraço!

    ResponderExcluir