16 de mar de 2012

SEGREDO

                                                   




PARA SEMPRE VOU TE AMAR
Quando a tristeza me visita                    
meu pensamento te procura
na alegria de imaginar seu sorriso
revivo momentos de ternura

Quando penso em seu beijo
sinto o corpo arrepiar
e no arrepio que dá vida
vou correndo prá te amar

Enquanto seus braços me envolvem
minhas mãos te procuram
e na paixão que nos move
a entrega é uma loucura

Quando já cansados e felizes
com a alegria do prazer saciado
volto a dizer que te amo
você diz que sou seu amado

E assim nos completamos
seu querer é a razão do meu prazer
seu prazer depende do meu querer
nesta entrega de corpo e alma e coração
está o segredo do nosso viver


8 comentários:

  1. Bom dia Querido Geraldo,

    Li seu poema, com muita atenção, e o interiorizei.
    Este é o segredo do amor. Quando estamos menos bem, ou nos queremos sentir melhor, nos lembramos da pessoa, que amamos, e tudo parece virar arco-íris.
    Bonitas e sensuais as imagens, as metáforas, que vai criando ao longo do poema. Nos faz sentir, que estamos lá.
    Diria, que seu poema retrara o amor daqueles casais, em vias de extinção, mas ainda existem algus, aqui em seu poema tão bem retratados.
    Eu não consigo conceber uma amor para sempre. Já tenho referido, que se torna rotina, habituação e se beija por beijar, e cada um, mesmo tendo vida muito junta, acaba por ter os seus pequeninos segredos, que não quer que o outro descubra, porque senão lá e vai o equilíbrio, o bem esrtar e aquela harmonia, que por vezes é "paz podre".
    Homens e mulheres casados, comprometidos há muitos anos, vivem pensando num outro alguém, num príncipe ou numa princesa, com quem um dia se cruzaram.
    Mas, nada podem fazer, porque lá se ia o falso equíbrio.
    Amar é muito mais, que isso.

    Amar é renunciar a tudo, para estar com a outra pessoa, mesmo sabendo, que isso não seja possível.

    Bom fim de semana, que já se está aproximando.
    Beijos de muito apreço e luz.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de ter seus olhos
    Aqui e agora
    Para contemplar sua alma
    Gostaria de sentir seu perfume
    Para viajar na imaginação
    Gostaria de ter seus braços
    Para me sentir forte
    Dentro deles.
    Gostaria de ter seus lábios
    Para saborearem os meus
    Gostaria de te ter comigo
    Nesse momento, agora
    Para sentir seu coração...
    Gostaria de ser essencial
    Para você, como você
    É para mim...Gostaria.

    Luz

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    Bela poesia escreves com a alma.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  4. Olá, Geraldo
    Este poema é de Luz, literalmente! (risos!). Se me entende, ele me lembrou bastante do padrão de textos que costumo ler no blog da nossa amiga Emília Estanque. Assim como admiro os dela, passei a gostar demais e admirar os teus. São profundos, são frágeis, delicados no mesmo instante que é forte e nos leva a refletir. Sabe, eu reflito em cima de tudo e na maioria da vezes (Arriscaria-me a dizer em todas!) seus poemas parecem me descrever e suas críticas sociais são bem congruentes as minhas. Parabéns pelo blog e pelo espaço, chegará eu um dia ao nível de sua escrita? Espero, espero...
    Abraços'

    ResponderExcluir
  5. Bom dia,
    Passei por cá e fique magica com suas palavras, com sua poesia, ela soa tão bem que entoa calmamente em meus ouvidos e faz despertar em meu coração as passadas sensações que antes me atormentavam, mas agora elas voltam a aparecer...como pedras almofadadas, sem medo de se aproximarem, fazendo-me bem, voar!
    Obrigada por está tão doce leitura que tive.
    Irei passar cá mais vezes, sem duvida,
    Pensando com Arte, te seguindo.
    Espero sua visita.

    ResponderExcluir
  6. Olá Geraldo!
    Incrível!
    Leio o teu poema e meus olhos ficam cheios de poesia!

    Gostei muito...muito!

    Bjossss

    ResponderExcluir
  7. Lindo declarado segredo amigo, para este amor que vive nos mais lindos sonhos no reflexo da cumplicidade,que faz este lindo canto ao amor.
    Boa construção poetica.
    Uma boa semana amigo.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  8. olá amigo! faz um tempinho né? como vai?
    que profundo este poema , gostei principalmente
    ( Quando a tristeza me visita
    meu pensamento te procura )
    abraço sempre que puder eu volto, volto por que gosto de ler tuas linhas Deus te abençoe Geraldo

    ResponderExcluir