26 de nov de 2011

INEBRIADO POR SEUS BEIJOS



Deixe o amor aflorar                            
 o sentimento saltar
e venha para os meus braços
que estou a te esperar
Deixa o tesão te acender
a ternura te encantar
porque estou louco para ter você
e meu coração doido pra te amar
Deixe-me falar ao seu coração
que vou te amar para sempre
porque não consigo te esquecer
e que sem você não sei viver
E quando isto acontecer
vou estar no paraíso
porque ter o seu amor
é a única coisa que preciso
Para embalar os meus sonhos
e matar os meus desejos
de dormir todas as noites
inebriado por seus beijos.

8 comentários:

  1. Lindos poemas de amor ! Sua inspiração inspira os solitarios . Nota dez. Zelia,Robert&LC.
    Zelia&Robert - USA -
    e-mail : saquaalegre@dsl.essex1.com

    ResponderExcluir
  2. Olá estimado Geraldo,

    Ai, Geraldo, que poema, que palavras!
    E depois diz, que minha poesia incendeia?
    Não sei, não.
    Estou respirando, porque me tirou o fôlego.
    O amor, quando verdadeiro é sublime.
    Senti seu poema, acredite.

    Bom fim de semana e agradeço seu comentário.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia querido Geraldo,

    Como vamos de amores? Muito bem. Óptimo.
    Passando para lhe desejar um domingo aprazível, com afectos e afagos.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  4. OI,GERALDO,VC É ÓTIMO ESCREVENDO VERSOS DE AMOR.
    Abç

    ResponderExcluir
  5. Ainda não sei como consegue utilizar palavras de forma simples e objetiva para falar com toda esta elegância o verdadeiro amor. Parabéns! Encontro ótima leituras neste local... Cada dia me surpreende mais e mais com seu estilo de escrita inspirador. Abraços, Wesley Carlos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Geraldo , uma poesia, bela, e encantada. O amor merece estar em versos como os seus. Lindo demais. Bjs e ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Geraldo, agradeço o comentário deixado há poucos em meu blog, mas podemos sim controlar o coração, na verdade não controlamos por completo o sentimento. Permitir que um sentimento se aproxime de ti, é "faxinar" o coração retirando o que por tanto tempo te fez mal. "Essências" distintas possuem sua incoerência...

    Revigoro meu muito obrigado, e até a próxima!

    ResponderExcluir
  8. Como diria Vander Lee: romantico são loucos como eu. Lindo poema amigo, o amor deve ser cantado em verso e prosa e escrito pelos corredores de nossas emoções com cores vivas.
    Linda inspiração.
    Meu abraço de paz.

    ResponderExcluir