04 novembro, 2011

EU PRECISO DE VOCÊ.





Gostaria de escrever o mais lindo poema de amor
mas não tenho palavras, não sou poeta
então preciso escrever com gestos de ternura, e ações de encantamento
para que em um simples olhar dizer que preciso de você

No seu jeito de andar, depressa ou devagar, quero estar ao seu lado
quero dizer com palavras de ternura aos seus ouvidos
que nunca e por nada, vou deixar de te amar.

Eu queria cantar a mais linda canção de amor aos seus ouvidos
mas não sou cantor
então vou pedir ao vento que assobie, e ao pássaro que cante
e à tempestade que junto com o trovão peça ao raio

para escrever no firmamento que nunca deixarei de te amar.

Eu queria sonhar o mais lindo sonho de amor
onde você flutuasse como uma deusa
e andasse leve e solta e nua em uma praia deserta

então eu pediria à chuva que caísse mansinha
que fizesse cair gotas de perfume e flores coloridas
como as cores e o aroma que você trouxe para minha vida.

Eu preciso de você,
Para ser poeta.
Para cantar
E para sonhar.

 

 

 


2 comentários:

  1. Bom dia estimado Geraldo,

    Lindíssima súplica!
    O seu poema tem cheiro, cor e sabor.
    Cria, na nossa mente, imagens de sonho, de puro desejo e nobre entrega.
    Você pede a toda a Natureza, que colabore, que ajude esse amor a se manter, a se concretizar.
    Sabe, no mundo dos afectos, todos temos um pouco de cantor, de poeta e de louco, até. Você é tudo isso.

    E como diz o poeta: AMOR NÂO É AQUILO, QUE QUEREMOS SENTIR, MAS AQUILO, QUE SENTIMOS SEM QUERER.

    Seu poema me faz lembrar uma canção de Roberto Carlos, penso eu que seja, e se chama "Eu preciso de você". Que tal colocar o vídeo?

    Abraços de muita luz.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia estimado Geraldo,

    Ler o amor nunca é demais.
    Lhe desejo um excelente fim de semana.

    Abraços de carinho e luz.

    ResponderExcluir

Aqui você é muito bem vindo. Seu comentário ajuda na construção desse espaço de liberdade