21 de out de 2011

NO LIMIAR DA LOUCURA

QUE SEJA ETERNO ENQUANTO DURE
                     

O amor é fera do bem
que precisa ser alimentada
com carinho
beijos
abraços apertados
e palavras de ternura
O amor é fera indomável
que precisa se alimentar sempre
de desejos
arrepios
emoção
paixão
e sexo.
O amor exagerado é fera do mal
quando não conhece limites
desrespeitando o sentimento do outro
querendo tomar para si
uma vida que não é sua.
Querer que alguém nos ame
sem perguntar o que pensa
é qualquer coisa de absurdo
menos amor
porque quem não se entrega com ternura
não conhece o amor 
muitas vezes vê o tempo passar
e...
sem ter alguém do seu lado
vive no limiar da loucura.

5 comentários:

  1. Olá estimado Geraldo,

    Sedutora imagem ao lado de sua postagem!
    Seu poema é um GRITO. Tem disso noção?
    Amor para ser amor, tem que ser exagerado, desnorteado, complicado, total.
    Caso contrário é rotina, é acomodaçaão.
    Já nem o beijo se sente!
    Há, que mudar, encontrar alternativa!
    Não interessa a idade, credo, raça. O importante é encontrar ou reencontrar o amor.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  2. Olá Geraldo,

    Passei para lhe desejar um excelente fim de semana, de preferência com sol e sorrisos.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  3. Lindos versos Geraldo. O amor precisa ser alimentado todos os dias com carinho, atenção e muita sinceridade, caso contrario entra em constante crises. Beijos grande!

    ResponderExcluir
  4. Olá Geraldo,

    Que seu dia seja de muita alegria e sorriso.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  5. Há que se dá ao amor todos os ingredientes que lhe faça florescer em cada movimento, em cada suspiro.Há que se buscar a cumplicidade a verdade.
    Um abraço amigo.

    ResponderExcluir