5 de ago de 2011

ESTOU VOLTANDO

Aqui estou viajando sozinho,
querendo simplesmente descansar
Mas sinto-me inquieto e solitário
porque meu corpo está sempre a te procurar
A tranquilidade e o agito do mar
não conseguem me envolver
Fico observando as ondas e as marés
e não consigo te esquecer
Observo jovens casais enamorando
se abraçando e se beijando
Fico com saudades de você
tenho certeza que pela vida inteira estarei te amando
O céu agora está nublado
parecendo entender  meu coração
Precisando ouvir sua voz
que para meus ouvidos é canção
Não importa onde meu corpo estiver
meu pensamento vai sempre te procurar
E minha alma e meu espirito só terão paz
quando nos seus olhos voltar a olhar
Preciso estar sempre ao seu alcance
sozinho não sei viver
A vida fica sem sentido e perco o rumo
porque falta você para encantar o meu viver
Telefona para mim!
diz que está com saudade
Estou precisando ouvir você dizer
que me quer e que me ama de verdade
Não te vejo somente há três dias
já foi bastante para deixar meu coração entediado
Sem ouvir a sua voz
dizendo que sou seu eterno namorado
Estou com saudades dos seus beijos
quero me sentir de novo nos seus braços
Estou voltando...
 

4 comentários:

  1. Ah, esta vontade de amar que tanto angustia, que inspira em versos belos, faz uma cantiga, canta para a amada, que não ouve, os gritos os suspiros que agora invade a alma.
    Belissima inspiração amigo.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá meu estimado e querido Geraldo,

    Agradeço o seu comentário terno e sentido no meu blog.
    Você é um homem, naturalmente, BOM, bom na essência, melhor no conteúdo.
    Já regressei de férias, estou bem, e espero postar 2ª feira, que é feriado em Portugal, dia de Santa Maria. Está convidado a me visitar, aceita?
    Quanto à sua doce poesia, ela fala, talvez, de um amor não concretizado. Nunca é tarde, para voltar.
    Se é apenas inspiração poética, os meus parabéns, porque o seu coração parece estar mesmo apaixonado.

    Beijos carinhosos de luz.

    ResponderExcluir
  3. Olá estimado Geraldo,

    Agradeço as suas palavras e explicação do conteúdo do seu poema.
    Não leu o poema que eu postei, hoje?
    Quando lhe for possível, preciso das suas palavras, sob a forma de comentário. São muito importantes para mim. Obrigada.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  4. Olá estimado Geraldo,

    Agradeço, de coração, o seu comentário no meu blog.
    Quando você postará? Estamos esperando.
    Amanhã, eu penso postar. Apareça. É sempre bem vindo.
    Não se anule, não hiberne. Comente nos blogs e procure até outros, que lhe agradem.
    Lhe fala alguém, que cursou dois anos de Psicologia Aplicada.

    Beijos incentivadores e de luz.

    ResponderExcluir