22 de mai de 2011

VENHA SEM MEDO



















Quando a saudade bater à sua porta
mande a embora
e me procure
quando a solidão te alcançar
dispense-a
venha para os meus braços

Se a tristeza insistir em te fizer companhia
troque-a pela alegria do meu amor
e quando a depressão
insistir em te castigar
mande-a embora, lembrando do meu olhar
de amor
ternura e tesão

Venha sem medo
esquecer a saudade
dizer não à solidão
rir da tristeza
dando e recebendo muito amor
vivendo sempre com emoção
não deixando nada machucar seu coração

Eu sou o remédio que cura todos os males da sua vida


Nenhum comentário:

Postar um comentário