5 de mar de 2011

VIVENDO DE SONHOS

VIVENDO DE SONHOS

Mais uma vez estou pensando em você              
Sentindo meu corpo flutuar 
Como se minha alma estivesse no infinito
Vivendo de sonhos, sei o quanto posso te amar
Sentindo saudades de você...
Mais uma vez vislumbro seu vulto a me olhar 
Encantado com o brilho do seu olhar 
Parece que estou sonhando 
Não querendo mais acordar
Você mora no meu pensar...
Mais uma vez imagino seu andar 
Então, a saudade do seu corpo vem me lembrar 
Que a paixão me invade sem medida 
Quando estou a te abraçar
Sinto falta de você...
Mais uma vez sinto seu perfume 
No desejo de ter você a me inebriar 
Quando nossos corpos se encontram 
No prazer que me faz arrepiar 
Mais uma vez... 
Penso em você... 
Preciso de você... 
Para continuar a sonhar... 


Mensagem referente ao texto VIVENDO DE SONHOS - Poesias. 
Enviado por: Ana Zélia da Silva 
Da cidade: Manaus-Amazonas 
Oi meu amigo. O poeta continua sendo um fingidor, chega a fingir que é dor a dor que deveras sente. Como dizer ao mundo que amamos A ou B, só divagando podemos fazê-lo. O gostoso de tudo isto é que cruzamos o universo mexendo com os semelhantes, fazendo-os imaginar pelo que escrevemos se somos felizes ou não. Se a vida é um mar de rosas ou um inferno ambulante. O poeta se iguala aos palhaços, tive um mestre que dizia: O coração é seu pode chorar. O rosto é do público deve sorrir, fazê-los sorrir sempre. Cansados de rostos fechados eles estão, vieram aqui, pagando para ver a vida de outro ângulo. Obrigada continue poeta. Ana Zélia 

Remetente: Vilma Tavares - Rio de janeiro - Data: 2008-12-16 
Ele (a) estava lendo: Poesias - VIVENDO DE SONHOS 
Mensagem: Oi, meu caro poeta Votos de um Feliz Natal Que possam seus sonhos divagar por sua imaginação para deleite nosso. Um grande abraço. Vilma 



Nenhum comentário:

Postar um comentário