3 de dez de 2010

NO GRITO OU NO SUSSURRO



Andando na praia deserta
gritei por você
e as ondas levaram
meu grito para bem longe
Subi no alto da montanha
gritei o seu nome
meu grito e meu lamento
simplesmente ecoou no vazio
No jardim mais bonito
também chamei o seu nome
mas meu chamamento se misturou
na beleza e no perfume das flores
Desisti de gritar e sussurrei
seu nome ao vento
que depressa levou minhas palavras
e você escutou minha declaração
e ouviu
eu dizer que te amo
Onde quer que eu vá
vou estar sempre repetindo
no grito ou no sussurro: Não sei viver sem você

Nenhum comentário:

Postar um comentário