24 de set de 2010

CORTAR O JOIO DA POLITICA

Quando era menino ouvia muito esta expressão: “Dê um coro nele”, “Quando você chegar em casa vai levar um coro"!
Agora fico ouvindo as aberrações do Senado.
Todos falando em decoro.
Um presidente sem escrúpulos tentando se manter no cargo apenas para provar que é intocável.
Há poucos dias ele usou a tribuna para dizer que não poderia ser julgado porque tem um passado de mais de cinqüenta anos de serviços prestados ao brasil.
Faço questão de escrever brasil com letras minúsculas, porque com a corja de políticos que temos, fazendo leis que colocam cabresto nas pessoas honestas, não poderia ser de outra maneira.
Ele já tem todo o poder que uma pessoa pode alcançar.
É praticamente dono do estado do Maranhão, com todo o respeito e pedindo desculpas aos Maranhenses honestos, acho que até se poderia mudar o nome do estado.
Eu sugiro Maraney.
O símbolo da corrupção.
Mais uma vez peço desculpas aos cidadãos de bem deste estado, esta foi a forma que encontrei para descrever o tamanho da vergonha e falta de compromisso que os políticos tem com o povo sofredor, que constrói este país pagando impostos com sangue e suor do seu trabalho.
E está assim...
De um lado o presidente de uma instituição falida, ouvindo calado, a sua defesa ser feita por um Calheiros, que até bem pouco tempo não foi cassado porque vivemos no paraíso da corrupção.
Já passou da hora de colocarmos em pratica o ensinamento do Mestre na parábola do Trigo e do Joio, quando mandou deixar crescerem juntos para na hora da colheita ficar fácil separá-los.
Eu sei que existe um pouco de trigo nesta grande plantação de joio.
Estamos nos aproximando da próxima colheita.
Já que fomos agricultores eficientes no plantio do Joio, no próximo ano teremos a grande chance de separá-lo do pouco Trigo que plantamos.
Então, na condição de agricultores devemos tomar muito cuidado na hora de escolher as novas sementes.
Tem muito Joio se fazendo passar por Trigo, precisamos saber distinguir a diferença.
A minha cidade colocou alguns joios nas Câmaras do Estado e Federal. E por aqui já corre de boca em boca que um lobo derrotado e vestido de cordeiro quer se sentar em umas destas poltronas das casas de mãe Joana.
Devemos começar a nos movimentar para que isto não aconteça e também para ceifarmos as sementes podres que plantamos.
Faço um apelo a todas as pessoas de bem e principalmente as que exercem algum tipo de liderança: Não se vendam.
Não deixem o Joio matar o Trigo que existe dentro de quem constrói com dignidade a sua vida.
Todos precisam fazer sua parte.
No descobrimento escreveram em uma carta que “Em se plantando tudo dá” e o Joio da corrupção encontrou uma terra fértil.
Talvez não seja possível arrancá-lo de uma só vez, mas é urgente que comecemos a ceifar.
Precisamos hastear a bandeira da honestidade e marcharmos firmes contra os corruptos.
Cada um na cidade e no estado onde mora.
Eu já conheço o Joio da minha cidade.
Você conhece da sua?
Não basta simplesmente não votar nele, é preciso ter coragem para pedir que outras pessoas também não votem.
Todos somos agricultores da política e o titulo de eleitor a nossa ferramenta.
Quem sabe daqui a uns anos os nossos filhos não poderão colher mais Trigo do que Joio?
É só uma questão de saber separá-los.

Um comentário:

  1. Oi Geraldo, parece que o brasil tomba, o gigante perde a força diante dos homens que adotaram o 171 como meta, a característica deste artigo é a lábia. Parece que nem reza braba tira este povo do poder, o vice presidente aparece hospitalizado e no dia seguinte trabalha, a Bruxa do 44 rapidamente ficou curada e o pobre nem direito tem. Ana Zélia

    ResponderExcluir