18 de set de 2010

CARAS NOVAS

Ano que vem começa tudo de novo.
A elite vai fazer qualquer coisa para conseguir de volta o poder.
O que ocorre atrás das cortinas do poder é algo de muito podre, onde os conchavos são alinhavados para tentar derrotar partido dos trabalhadores.
O que eles esquecem é que “esquerda” não significa ser contra e sim ser a favor daquilo que é melhor para um povo.
O nosso país aprendeu a duras penas que vale a pena confiar seu destino a homens e mulheres, que com muito sacrifício souberam esperar a hora certa para tirar o poder das garras da minoria.
Chega de políticos formados na arte de enganar.
Para voltar ao poder a elite precisa aprender governar para o povo.
Está provado que conhecimento acadêmico não é a única primícia para governar.
Está provado que as mais famosas universidades não mudam o caráter e a sede de poder de todos que conseguem um diploma.
Acabou a era F H C.
Os herdeiros desta era querem o poder de volta.
Alguns políticos profissionais vendem seus nomes a cada quatro anos, numa total demonstração de falta de compromisso com a ética e a moralidade.
CIRO GOMES.
JOSÉ SERRA.
AECIO NEVES
Estas três figurinhas carimbadas das salas acarpetadas do poder querem de volta o destino de um povo, que somente nos últimos sete anos conheceu de verdade o gostinho da liberdade.
O primeiro aceita ser qualquer coisa quando na verdade nada é.
O segundo se acha no direito de reivindicar a herança maldita de poder absoluto deixado por sua família.
O terceiro não conheço e pelo que ouço não estou perdendo nada.
Vejam o exemplo da cidade estado: Brasília.
O atual governador Arruda, fraudou o painel de votação do congresso, junto com o falecido Antonio Carlos Magalhães, os dois renunciaram para não serem cassados e voltaram eleitos pelo povo.
Um graças a Deus já morreu, o outro agora é flagrado roubando.
É isto que queremos para o nosso país?
Vamos continuar elegendo esta corja a troco de qualquer coisa?
Como disse em um texto anterior: Precisamos eleger uma mulher.
Não é hora de trocar.
“Em time que está ganhando não se mexe”.
E o país nunca esteve tão bem.
Para presidente não tem muito que pensar, precisamos ter cuidado na hora de votar em dePUTAdo e Senador, está na hora de dizer um basta aos bandidos da eterna quadrilha.
O povo precisa mostrar sua indignação na urna.
Existem uma meia dúzia que merecem voltar.
Chega de figurinhas carimbadas, vamos eleger caras novas, mas mesmo assim, muito cuidado, existem muitos lobos vestidos de cordeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário