25 de ago de 2010

PEQUENAS CRIATURAS

Ontem o céu se iluminava de relâmpagos,
contrastando com o escuro das nuvens,
raios cortavam os céus
como se Deus estivesse escrevendo
no firmamento.
Escrevendo que o homem é limitado
e que precisa saber o seu lugar,
na natureza,
no mundo,
no universo.
Escrevendo que é preciso compreender
a limitação
que supera a inteligência,
quando a meta é se igualar
a Deus.
que é
Supremo
que risca os céus
dizendo que está Vivo,
e atento
ao mundo,
e a nós
pequenas criaturas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário